Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Filme com transgênero assassino irrita associação LGBT

Michelle Rodriguez vai viver personagem que passa por uma cirurgia de mudança de sexo contra sua vontade em 'Tomboy, a Revenger's Tale', previsto para 2017

O grupo americano Glaad (Aliança de Gays e Lésbicas Contra Difamação) criticou os realizadores do filme Tomboy, a Revenger’s Tale, previsto para 2017, porque a produção retrata a história de um assassino que passa por mudança de sexo contra sua vontade. “Nós não lemos o roteiro, mas é desapontador ver cineastas usarem um procedimento médico que salva vidas de pessoas transgênero como um elemento sensacionalista na trama”, declarou Nick Adams, diretor da organização LGBT, ao site da revista The Hollywood Reporter.

O papel principal do filme é de Michelle Rodriguez (Velozes e Furiosos), que vai representar um matador de aluguel capturado por uma cirurgiã (Sigourney Weaver) que realiza a operação. Depois, o personagem de Michelle irá atrás da de Sigourney para se vingar.

LEIA TAMBÉM:

Michelle Rodriguez, de ‘Velozes e Furiosos’, assume namoro com top model

Michelle Rodríguez, de ‘Velozes e Furiosos’, sai do armário

Atriz de ‘As Visões de Raven’ sai do armário no Twitter

Mais um: ator da série ‘Prison Break’ sai do armário

Para o grupo Glaad, o anúncio de Tomboy, a Revenger’s Tale, dirigido por Walter Hill (Warriors – Os Selvagens da Noite), veio em um momento “crucial para o público compreender os problemas dos trans”. Segundo a associação, “histórias como essa têm potencial para minar todo o progresso que trabalhamos duro para alcançar”.

Em 2014, Michelle Rodriguez assumiu ser bissexual em entrevista para a revista Entertainment Weekly: “Experimentei os dois lados. Faço o que gosto. Sou curiosa demais para sentar aqui e não experimentar quando tiver oportunidade. Os homens são intrigantes. Garotas, também”.