Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Festival do Rio exibe filme vencedor do Leão de Ouro

Evento, um dos maiores de cinema do país, acontece entre os dias 27 de setembro e 11 de outubro e terá bons destaques entre mais de 400 filmes

O Festival do Rio anunciou nesta terça-feira a programação desta edição do evento, que acontece entre os dias 27 de setembro e 11 de outubro. Durante 15 dias, serão exibidos cerca de 400 filmes de mais de 60 países, incluindo alguns dos maiores destaques dos festivais de cinema internacionais deste ano.

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM: Com cena de estupro, ‘Pietà’ leva Leão de Ouro em Veneza

Entre eles, está o filme que venceu o Leão de Ouro no Festival de Veneza no último fim de semana, Pietà, do sul-coreano Kim Ki-Duk. Outro bom destaque é Beasts of the Southern Wild, de Benh Zeitlin, tido pela crítica internacional como um dos melhores filmes do ano e uma aposta certa para o Oscar do ano que vem.

Também serão exibidos Twixt, de Francis Ford Coppola; Lay the Favorite, de Stephen Frears; Magic Mike, de Steven Soderbergh; O Nós e o Eu, de Michel Gondry; Trishna, de Michael Winterbottom; Michael Jackson Bad 25, de Spike Lee; Selvagens, de Oliver Stone; Argo, de Ben Affleck; The Company You Keep, de Robert Redford; Rust and Bones, de Jacques Audiard; Moonrise Kingdom, de Wes Anderson, e outros.

Neste ano, o festival prestará homenagem a quatro grandes diretores: Alberto Cavalcanti, diretor brasileiro pouco exibido por aqui; John Carpenter, o “deus vivo dos filmes de terror”; e os o portugueses Manoel de Oliveira e João Pedro Rodrigues — o último estará presente no evento.

Também confirmaram presença outros grandes nomes do cinema mundial, como o ator Jeremy Irons, os diretores Leos Carax (que lança Holy Motors, concorrente à Palma de Ouro neste ano), Jonathan Dayton e Valerie Faris (diretores de Pequena Miss Sunshine que lançam seu novo filme, Ruby Sparks), Roland Joffé (para divulgar There Be Dragons) e a artista plástica Marina Abramovic, tema do documentário Vida e Morte de Marina Abramovic Segundo Bob Wilson, de Giada Colagrande, sobre a produção da ópera que conta sua vida e que foi encenada no ano passado em Manchester e em Madri.