Clique e assine a partir de 9,90/mês

Família de Gugu Liberato planeja campanha de doação de órgãos

Após saber que decisão de doar os órgãos do apresentador provocou aumento nas doações, familiares se reuniram para conversar sobre incentivo à prática

Por Amanda Capuano - 9 dez 2019, 17h02

Os familiares do apresentador Gugu Liberato – morto no dia 22 de novembro em razão de uma queda do forro de sua casa, em Orlando – estão planejando uma campanha para incentivar a doação de órgãos no Brasil. A informação é da assessoria do apresentador.

De acordo com o comunicado, a família se reuniu nesta segunda-feira 9 para conversar sobre o projeto, que visa dar apoio à causa – Gugu teve seus órgãos doados. A ideia nasceu ainda em Orlando, quando os familiares optaram pela doação depois que a morte cerebral do apresentador foi constatada. Segundo os médicos, os órgãos doados pelo apresentador beneficiaram até 50 pacientes.

 

“Após saberem que o ato de doar os órgãos fez com que o assunto ganhasse um espaço nunca visto nos meios de comunicação e aumentou o número de telefonemas e doações de órgãos para a Central Nacional de Transplantes, mãe e irmãos de Gugu estudam agora uma ação associada à Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos e/ou Ministério da Saúde para esclarecer a população sobre o tema, alavancar essa discussão e, consequentemente, aumentar o numero de doadores”, diz a nota.

Continua após a publicidade

Não há mais detalhes sobre a campanha até o momento. A família acompanhará o assunto pessoalmente, ou por meio de terceiros designados por eles futuramente.

Publicidade