Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA: atriz Lindsay Lohan recebe elogios de juíza

A atriz americana Lindsay Lohan recebeu nesta quarta-feira cumprimentos da juíza que segue seu caso após ser condenada a trabalhos de interesse público, alegando que ela passou de forma positiva por sua condicional e tem direito a desfrutar férias.

O elogio da juíza Stephanie Sautner ocorreu dias depois de Lohan estampar as manchetes dos jornais ao ser divulgada na internet uma foto na qual ela posa nua para a revista Playboy, obrigando a publicação a adiantar a venda de sua edição especial.

“Senhorita Lohan, você fez o trabalho (de interesse público), e não o fez somente em tempo, como antes do prazo”, disse Sautner, que viu a atriz de 25 anos com regularidade no último ano, durante o qual Lohan passou breves períodos na prisão por motivos variados.

A juíza disse a Lohan que, enquanto cumpre os requisitos de sua condicional, que incluem 12 dias de trabalho comunitário e quatro sessões terapêuticas entre cada audiência mensal, ela teria o direito de sair da Califórnia (oeste) para tirar férias.

“Você se comportou bem e gostaria que continuasse assim”, afirmou a juíza, que fixou a próxima audiência judicial para 17 de janeiro.

Lohan, que iniciou sua carreira em filmes da Disney como “Operação Cupido” e “Sexta-Feira Muito Louca”, ganhou reputação de amante da farra e enfrentou várias acusações nos tribunais, entre elas a de posse de drogas.

Em maio, Lohan foi sentenciada a 35 dias de prisão domiciliar como parte de uma condenação pelo suposto roubo de um colar de mais de 2.500 dólares.

No mês passado, a atriz passou cinco horas na prisão depois que sua condenação foi ampliada para mais 30 dias por violar uma condicional por crimes cometidos em 2007, que incluem dirigir sob efeito de drogas e álcool.