Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Endividado, ex-astro de CSI pode perder a casa onde mora

Gary Dourdan, afastado da série em 2008, deve cerca de R$ 120.000 de hipoteca

Este foi um ano e tanto para o ator Gary Dourdan, o Warrick Brown, da série policial CSI. Só que ao contrário. Dourdan, que em 2008 foi afastado do seriado depois de oito anos interpretando um dos principais detetives da trama, aprontou poucas e boas: foi acusado de violência doméstica pela ex-mulher, bateu o carro numa rua de Los Angeles e, quando a polícia chegou para resolver o imbróglio, foi detido com pílulas de ecstasy. O ator teve de pagar 10.000 dólares (cerca de 18.000 reais) para deixar a prisão.

Agora, pouco antes do ano acabar, Dourdan ampliou seu leque de problemas pessoais. De acordo com o site americano TMZ, o ator deve cerca de 62.000 dólares (cerca de 112.000 reais) da hipoteca da casa onde mora, no distrito de Venice, na Califórnia. A dívida deveria ter sido paga em julho deste ano e refere-se ao pagamento de uma mansão comprada pelo ator em 2004 por quase 1 milhão de dólares.

Dourdan vivia nessa época o auge da carreira. A derrocada começou em 2008, quando ele foi preso com cocaína. Afastado de CSI, nunca mais conseguiu um papel de destaque novamente. O que, certamente, refletiu no bolso. Daí a dívida que, para os padrões hollywoodianos, é um troco. Agora, Dourdan corre o risco de ter a casa leiloada pela justiça americana.