Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em ‘Oscar da moda’, Rihanna prefere desfilar (quase) nua

Cantora foi premiada como ícone fashion durante o CFDA Fashion Awards

Com um vestido totalmente transparente, Rihanna conseguiu desviar a atenção das demais estrelas que desfilaram no tapete vermelho do prêmio CFDA Fashion Awards, considerado o “Oscar da moda”, que aconteceu na noite da segunda-feira passada, em Nova York.

O look ousado foi assinado pelo estilista Adam Selman que economizou no tecido, mas esbanjou na aplicação de cristais Swarovski, com 230.000 pedras no total. Em entrevista ao site Style.com, Selman disse que a peça demandou o trabalho de mais de oito pessoas, que se dedicaram por horas durante a madrugada anterior para acertar os últimos detalhes. “Moda diz respeito a beleza e o corpo feminino faz parte disso”, diz Selman, defendendo o excesso de nudez.

O estilista acompanha Rihanna desde 2011, quando passou a produzir as roupas usadas por ela em suas turnês. “Ela poderia usar o estilista que quisesse. Para mim é uma alegria saber que ela me escolheu para criar uma peça para uma noite tão importante. Ela me colocou no centro do holofote”, conta o profissional.

Leia também:

No Brasil, Rihanna posta foto sensual em barco

Rihanna faz fotos de topless em Angra dos Reis

Rihanna roubou a cena e também levou para casa o prêmio de ícone fashion do ano. O que restou para as demais estrelas que passaram pela cerimônia foi se contentar com elogios aos seus looks, caso das belas atrizes Blake Lively, com um curto Michael Kors, e Lupita Nyong’o, com bermuda e estampas, da grife Suno; a modelo brasileira Alessandra Ambrósio ostentou um vestido vermelho Nonoo, e Heidi Klum apostou em um longo Donna Karan.

O estilista Joseph Altuzarra, da grief Altuzarra foi o principal vencedor da noite, com o prêmio de estilista de moda feminina do ano. A dupla Maxwell Osborne e Dao-Yi Chow, da grife Public School, levou o prêmio de estilista de moda masculina do ano. As gêmeas Mary-Kate Olsen e Ashley Olsen foram premiadas na categoria de melhor designer de acessórios, pela marca The Row. Tom Ford e Raf Simons, por Christian Dior, também foram homenageados.