Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Documentário francês revela bastidores da Ópera de Paris

Longa de Jean-Stéphane Bron mostra atividades do local, que incluem a preparação de um espetáculo e a chegada de um touro como ator da apresentação

Por Da redação - 1 nov 2017, 15h43

Com data de estreia marcada para o dia 30 de novembro no Brasil, o documentário A Ópera de Paris revela os bastidores da instituição francesa pelos olhos do diretor Jean-Stéphane Bron. O longa acompanha as diversas atividades do local, que incluem a preparação do espetáculo Moisés e Aarão do compositor Arnold Schönberg, o anúncio de uma greve de funcionários e a chegada de um touro como ator coadjuvante da apresentação.

Cena do documentário ‘A Ópera de Paris’ Reprodução/Divulgação

O filme, eleito o melhor documentário do Festival Internacional de Moscou deste ano, ainda companha um jovem cantor russo que começa na Academia da Ópera, onde conhece o renomado Bryn Terfel. O coreógrafo Benjamin Millepied, que representa o príncipe em Cisne Nregro (2010), também é acompanhado na produção, após assumir a direção do balé no Palais Garnier, que também integra a instituição francesa.

Publicidade