Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Da Austrália, Russell Crowe faz protesto no Globo de Ouro

Ator não compareceu ao evento por causa de incêndios no país onde vive com a família

Por Redação - 5 jan 2020, 23h48

Russell Crowe ganhou o Globo de Ouro de melhor ator em minissérie por seu trabalho em The Loudest Voice. Porém, não compareceu à premiação para recebê-lo. Crowe, que é da Nova Zelândia, vive na vizinha Austrália, que há semanas está sendo consumida por um terrível incêndio que já matou mais de meio bilhão de animais e 23 pessoas. Mesmo à distância, o ator fez um contundente protesto com um texto enviado para ser lido, caso ele ganhasse.

Jennifer Aniston, que apresentou o prêmio, explicou que Crowe estava na Austrália “protegendo sua família dos incêndios”. Em seguida, ela leu a mensagem do ator: “Não se enganem, a tragédia que tem assolado a Austrália é motivada por alterações climáticas. Precisamos agir baseados na ciência, mover nossa força global de energia renovável e respeitar nosso planeta, este lugar único e maravilhoso. Só assim, teremos um futuro.”

Publicidade