Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Criador do ‘Big Brother’ vende produtora por R$ 1,6 bilhão

John de Mol, considerado o 'pai' dos reality shows, continuará atuando na empresa por oito anos

Considerado o “pai” dos reality shows, o holandês John de Mol, 59 anos, criador de programas como Big Brother e The Voice, que tem versões em dezenas de países, vendeu sua produtora para a ITV, anunciou a emissora britânica. Em comunicado, a ITV explica que concluiu um acordo para adquirir a produtora Talpa Media BV por um valor inicial de 500 milhões de euros (cerca de 1,6 bilhão de reais), que pode alcançar 1,1 bilhão de euros (3,6 bilhão de reais) em função dos resultados futuros da empresa.

John de Mol, por enquanto, não poderá desfrutar da aposentadoria, pois o acordo prevê que ele e sua equipe devem continuar criando programas para a Talpa. Aliás, os pagamentos adicionais estarão condicionados a sua presença nos bastidores nos próximos oito anos.

Leia também:

Entrevista: John de Mol, o grande irmão

O ‘Big Brother’ e a cultura das periguetes

‘BBB15’: traída, Talita ainda vê futuro com Rafael

De Mol se tornou famoso em 1994 com a criação do programa Big Brother, no qual um grupo de pessoas anônimas convive em uma casa sob os olhares das câmeras. O Brasil se tornou um dos muitos adeptos ao formato, e transmite atualmente sua 15ª edição. Outro destaque do holandês é o programa The Voice, que revela novos talentos da música, além de atrações que envolvem encontro de casais, competições em lugares perigosos e câmeras acompanhando o dia a dia de famílias.

O holandês vendeu sua primeira produtora, a Endemol, para a espanhola Telefónica em 2004 e depois para a Mediaset, a empresa do ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi.

(Da redação com agência France-Presse)