Clique e assine a partir de 9,90/mês

Cientologia terá estúdio de cinema com Tom Cruise à frente

Scientology Media Productions tem início em Los Angeles com investimento de 50 milhões de dólares

Por Da Redação - 22 jun 2016, 10h08

Te cuida, Paramount. A Cientologia, aquela Igreja que reúne estrelas de Hollywood como Tom Cruise e John Travolta, acaba de inaugurar um estúdio próprio de cinema, rádio e TV — a seita deve ter um canal de notícias ao estilo CNN, segundo reportagem do jornal britânico Daily Mail. Foram investidos 50 milhões de dólares nos últimos cinco anos para erguer o complexo, valor que parece baixo para o propósito declarado da Igreja, que é o de atingir “virtualmente” cada pessoa do planeta. Principal embaixador da Cientologia, Cruise irá colaborar com a causa, gravando filmes no local. Não está claro, porém, se ele gravará apenas seus blockbusters ou se também participará de produções que sirvam de propaganda da seita.

LEIA TAMBÉM:

Cientologia, uma crença de outra galáxia

Tom Cruise inaugura templo da Cientologia de R$ 330 mi

Continua após a publicidade

A inauguração do Scientology Media Productions foi realizada dia 28 de maio, com discurso do atual líder da Igreja, David Miscavige, para cerca de 10.000 pessoas. Miscavige disse, então, que o complexo, com quatro salas de mixagem, sete ilhas de edição e quilômetros e quilômetros de cabos de fibra ótica, é maior que os estúdios da Paramount Pictures. “Vamos escrever nossa própria história, como nenhuma religião jamais fez”, disse ele para uma plateia cheia de celebridades.

Nas contas de Miscavige, público não vai faltar para ser catequizado. “O jovem adulto médio passa dez horas por dia na internet. A cada cinco segundos, alguém busca ‘o sentido da vida’ e, seis vezes por segundo, há uma busca por respostas sobre ‘espiritualidade'”, disse. “Scientology Media Productions vai se valer do poder da mídia para dar essas respostas.”

Esta não é a primeira vez que a Cientologia se aventura no cinema. Cenas de filmes como Dias de Trovão e Um Sonho Distante, estrelados por Tom Cruise dos anos 1990, foram produzidas por cientologistas, em uma base que a Igreja possuía também em Los Angeles.

Publicidade