Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Britney Spears abusa do playback em show no Rio

Público de 20 mil pessoas esquenta com som pop da cantora americana

Quase tudo no show de Britney Spears é falso. A cantora, que trouxe uma personal dublê ao Brasil para despistar os fãs que fazem plantão na porta do hotel onde está hospedada em Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro, subiu ao palco montado na Praça da Apoteose, pontualmente às 21h, apostando que o público não se importaria que suas músicas fossem executadas em playback.

Acertou em cheio. E parou por aí. Os quase 20 mil fãs – a maior parte adolescentes – estavam mais interessados na desempenho de dançarina da diva. O que também acabou não acontecendo. Famosa por seus videoclipes magistralmente coreografados, Britney, ficou devendo também neste quesito. Posicionada no mesmo ponto do palco a maior parte do show, ela limitou a sua performance a movimentos de braços e repetitivas jogadas de cabelo.

Simpática, logo no início do show, a cantora se dirigiu ao público e, em inglês, agradeceu a presença e em uma tentativa de aquecer a platéia brincou “Não estou ouvindo vocês”. O problema é que o público também não a ouvia, já que o microfone da cantora estava muito baixo – o sincronismo entre os movimentos labiais da artista e do som que saia das potentes caixas de som também não era exatamente perfeito.

O momento máximo de interação de ‘La Spears’ com os fãs também contribuiu para a comédia de erros de sua primeira apresentação do show. ‘Femme Fatale’. Oito fãs, sorteados em uma promoção da gravadora da artista, tiveram o privilégio de subir ao palco. O prêmio para um deles, no entanto, acabou sendo uma bronca da produção. O piauiense Getúlio Cavalcante, de 19 anos, veio de Teresina e participou de uma coreografia com a cantora, algemado a um carro. Porém, quando tentou dar um beijo na “mulher fatal”, acabou ficando no vácuo. A cantora se esquivou do fã, que foi tirado rapidamente do palco.

Apesar das cenas constrangedoras, o publico parecia se divertir e até se emocionar com a cantora, que deixou suas duas músicas mais famosas, ‘Toxic’ e ‘Till The World Ends’ para o final. O público retribuiu levantando cartazes com a inscrição “Oh, Oh, Oh” e repetindo a expressão em uníssono. Com ajuda de São Pedro, Britney conseguiu cantar durante cerca de uma hora e meia, sem uma única gota de chuva. A fina garoa que caía no Rio antes do início do show, esperou a execução das 19 músicas do set list da artista para voltar a cair e lavar a alma dos fãs, que pareciam pouco se importar com os ‘detalhes’ técnicos da apresentação.

Após o show no Rio, Spears subirá ao palco mais uma vez com a turnê Femme Fatale no Brasil, na próxima sexta-feira, na Arena Anhembi, em São Paulo.

Veja o setlist do show no Rio:

Hold it Against Me

Up And Down

Three

Piece of Me

Big Fat Bass

How I Roll

Lace And Leather

If U Seek Amy

Gimme More

Beautiful

Don’t Lemme Be The Last to know

Boys

Baby One More Time

Baby S&M

Trouble For Me

Slave

I Wanna Go

Womanizer

Toxic

Till The World Ends