Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasileiro expõe em Paris fotos inusitadas de empresários

Claudio Gatti clicou representantes de empresas como Nestlé e Coca-Cola em poses incomuns

Um homem deitado em mesas de restaurante e com molho de tomate no rosto, uma mulher com um belo cavalo no meio de um cômodo luxuoso, cheio de tapetes e móveis caros, um homem no meio de uma fazenda tomando um banho de leite. Essas fotos, engraçadinhas à primeira vista, ganham outras dimensões quando se descobre que os retratados são alguns dos maiores empresários do Brasil e do mundo, representantes de marcas como Nestlé, Coca-Cola e Goodyear. As imagens, feitas pelo fotógrafo Claudio Gatti, estamparam capas e reportagens de revistas nacionais, entre elas VEJA, e agora serão exibidas no Carrossel do Louvre, shopping que fica no complexo do famoso museu de Paris, neste fim de semana.

“Sou meio desafiador”, conta Gatti. “Penso assim: o óbvio eu já tenho. Quando vou fotografar alguma personalidade no escritório, sempre vou encontrá-la atrás da mesa. Tento sempre deslocá-la para outro cenário, outra parte da empresa.” No caso da fotografia que mostra um cavalo branco no meio da sala de estar da empresária Luciana Fasano, feita por Gatti para uma reportagem de VEJA de 2011, quem se deslocou foi o animal: do celeiro para o luxuoso cômodo. “Na ocasião, eu disse que o cavalo era uma obra de arte e deveria estar dentro da casa”, diz Gatti, lembrando que eles ficaram com receio de que o cavalo, assustado, acabasse dando um coice em uma suntuosa cristaleira, caríssima, que havia no caminho.

Retratos Claudio Gatti Luciana Fasano, da Fazenda Floresta (21/07/2011)

Luciana Fasano, da Fazenda Floresta (21/07/2011) (Claudio Gatti/Arquivo pessoal)

A foto de Luciana é uma das sete que estarão na exposição. Outro exemplar famoso do trabalho de Gatti que será exibido é o que mostra Ivan Zurita praticamente se banhando no leite que sua empresa produzia. O empresário, clicado em 2009 para uma capa da revista Dinheiro, da Editora Três, era então presidente da Nestlé no Brasil. “Ficamos uma hora e meia na fazenda dele e eu tentando convencê-lo, dizendo que precisava de uma foto inusitada. Depois das fotos, ele até me chamou para tomar um banho de cachoeira com ele.”

Retratos Claudio Gatti Ivan Zurita, então presidente da Nestlé no Brasil (18/04/09)

Ivan Zurita, então presidente da Nestlé no Brasil (18/04/09) (Claudio Gatti/Arquivo pessoal)

Além de ter parte de suas fotos exibida, Gatti  integra neste ano o Guide de Catalogação Internacional de Obra de Arte, guia que é entregue a mais de 600 galerias de arte, colecionadores e arquitetos do mundo.

Confira abaixo outros trabalhos de Gatti:

Retratos Claudio Gatti Carlos Wizard, fundador da Wizard, em clique de Claudio Gatti (11/05/2017)

Carlos Wizard, fundador da Wizard, em clique de Claudio Gatti (11/05/2017) (Claudio Gatti/Arquivo pessoal)

Retratos Claudio Gatti Jaime Szulc, então presidente da Goodyear América Latina (16/10/2014)

Jaime Szulc, então presidente da Goodyear América Latina (16/10/2014) (Claudio Gatti/Arquivo pessoal)

Retratos Claudio Gatti Pedro Furlan, presidente da Nativ Pescados (09/02/09)

Pedro Furlan, presidente da Nativ Pescados (09/02/09) (Claudio Gatti/Arquivo pessoal)

Retratos Claudio Gatti João de Nagy, dono do complexo WTC São Paulo (09/04/15)

João de Nagy, dono do complexo WTC São Paulo (09/04/15) (Claudio Gatti/Arquivo pessoal)

Retratos Claudio Gatti Gilberto Bomeny, dono do complexo WTC São Paulo (29/09/04)

Gilberto Bomeny, dono do complexo WTC São Paulo (29/09/04) (Claudio Gatti/Arquivo pessoal)

Retratos Claudio Gatti Nelson Tagili, da Sakata Sementes (04/04/2014)

Nelson Tagili, da Sakata Sementes (04/04/2014) (Claudio Gatti/Arquivo pessoal)

Retratos Claudio Gatti Mark Pitt, da Sherwin-Williams (28/08/07)

Mark Pitt, da Sherwin-Williams (28/08/07) (Claudio Gatti/Arquivo pessoal)

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. caroline de oliveira mesquita

    Quanta bobagem, gente milionária pagando mico.E o egocentrismo é tanto que vão expôr em museu e chamar de arte… meu Deus

    Curtir