Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ator acusado de matar a mulher alega inocência

Polícia possui áudio de telefonema em que Michael Jace afirma ter atirado na esposa, April, 40 anos

Michael Jace, conhecido por ter interpretado o policial Julien Lowe na série The Shield – Acima da Lei (2002-2008), alegou inocência nesta quarta-feira no caso da morte de sua mulher, April, 40 anos, em meados de maio. A polícia afirma que o ator, que continua preso, atirou na mulher diversas vezes na presença dos filhos do casal, que não se machucaram e agora vivem com parentes. As informações são do site do jornal CNN.

Leia também:

Acusado de matar a mulher, ator tem histórico de violência doméstica

‘The Shield’, uma das melhores séries da década de 2000

O juiz que ouviu o ator determinou o valor de sua fiança em 2 milhões de dólares, mas caso Jace pague o devido e seja libertado, ele está proibido pela Justiça de tentar entrar em contato com os filhos. Uma audiência preliminar sobre o caso foi marcado para o dia 1º de agosto.

April foi encontrada morta na casa da família, no Sul de Los Angeles. Segundo a polícia, o próprio ator ligou para a emergência para reportar a ocorrência. Oficiais americanos divulgaram no começo de junho uma ligação telefônica do pai de April em que ele afirma que Jace admitiu ter matado a esposa. “Meu genro me ligou e pediu para que eu fosse pegar as crianças porque ele havia atirado em April, nossa filha”, diz ele, cujo nome não foi divulgado.