Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Artista veste Virgem Maria com manto estampado de monogramas Louis Vuitton

O diabo pode vestir Prada, mas o artista de uma exposição de arte sacra na Itália resolveu colocar sua estátua da Virgem Maria usando a grife Louis Vuitton para denunciar a sociedade de consumo, informou nesta quinta-feira um jornal local.

O manto e o véu da imagem, tradicionalmente de cores claras, surgem pretos e estampados com monogramas da famosa marca de luxo francesa Louis Vuitton. O autor da obra é o artista Francesco De Molfetta, de 31 anos. Ele explicou que, com sua obra, teve intenção de “denunciar uma sociedade baseada no culto da aparência através do uso de uma marca que representa a busca pela felicidade efêmera”. Um de seus trabalhos é Novos Ídolos, uma série de esculturas em que ícones pop recebem interpretação controversa – Batman e Barbie, por exemplo, ganharam formas obesas e atitude sedentarista.

“Essa nova maneira de interpretar a arte sacra está em sintonia com o famoso trabalho apresentado (em 1999, em Veneza, por Maurizio) Cattelan, que mostra uma imagem em cera do papa João Paulo II sendo atingido por um meteoro”, explicou o curador da exposição, Giuseppe Bacci. “É uma maneira de atingir o inconsciente do visitante”, acrescentou. A exposição está sendo realizada em Isola del Gran Sasso, na região central de Abruzzo.

(Com agência AFP)