Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Anitta e Tiago Iorc estão entre os indicados ao Grammy Latino

Criolo e Nego do Borel são outros brasileiros que aparecem na disputa pelo gramofone

A Academia Latina de Gravação, responsável por selecionar os indicados ao Grammy Latino, divulgou nesta terça-feira, 24, os concorrentes da vigésima edição da premiação, que acontece no dia 14 de novembro, em Las Vegas (EUA). Anitta e Tiago Iorc estão entre os artistas que representam o Brasil na disputa pelo gramofone.

A cantora pop aparece na categoria de melhor disco urbano com seu álbum Kisses, que conta com músicas em português, inglês e espanhol e participações de Ludmilla, Snoop Dogg, Caetano Veloso e diversos artistas. Já Tiago Iorc concorre por canção do ano pela música Desconstrução, que abre o disco Reconstrução, lançado este ano após um período sabático do cantor.

Mais brasileiros ainda aparecem em outras categorias da premiação. Na disputa por “Melhor Vídeo Musical Versão Curta”, Criolo e Nego do Borel concorrem pelos clipes de Boca de Lobo e Me Solta, respectivamente. Há ainda o álbum Folia de Treis, de Edu Ribeiro, Fábio Peron e Toninho Ferragutti, disputando o prêmio de melhor álbum instrumental, e Rio – São Paulo, do pianista André Marques, concorrendo a melhor álbum de jazz latino.

Os principais indicados ao Grammy Latino este ano são dois conterrâneos espanhois: o cantor pop Alejandro Sanz recebeu oito nomeações, incluindo álbum do ano. Atrás dele aparece Rosalía, cantora de 25 anos do gênero flamenco que concorre em cinco categorias, o que também inclui a principal.

Categorias em língua portuguesa

A premiação conta com categorias específicas para premiar artistas que cantam em língua portuguesa. Nomes como Anavitoria, Pitty, Liniker e Os Caramelos, BaianaSystem, Péricles, Gilberto Gil, Paula Fernandes e muitos outros encontram-se entre os indicados. Confira a lista completa abaixo:

Melhor Álbum de Música Cristã

Gente – Priscilla Alcântara
Sagrado – Adriana Arydes
Guarda Meu Coração – Delino Marçal
Preto no Branco 3 – Preto No Branco
360º – Eli Soares

Melhor Álbum de Pop Contemporâneo

O Tempo é Agora – Anavitória
Tarântula – As Bahias e a Cozinha Mineira
TODXS – Ana Cañas
Para Dias Ruins – Mahmundi
Selfie – Jair Oliveira

Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa

Vulcão – The Baggios
O Futuro Não Demora – BaianaSystem
O Céu Sobre a Cabeça – Chal
Goela Abaixo – Liniker e Os Caramelos
Matriz – Pitty

Melhor Álbum de Samba/Pagode

Canta Sereno e Moa – Nego Álvaro
Mart’Nália Canta Vinícius de Moraes – Mart’nália
De Todos os Tempos – Monarco
Em Sua Direção – Péricles
Anaí Rosa Atraca Geral Pereira – Anaí Rosa

Melhor Álbum de Música Popular Brasileira

O Amor no Caos – Zeca Baleiro
Canta Tito Madi – Nana Caymmi
Tudo É Um – Zélia Duncan
Tempo Mínimo – Delia Fischer
Ok Ok Ok – Gilberto Gil
Besta Fera – Jards Macalé

Melhor Álbum de Música Sertaneja

Hora Certa – Paula Fernandes
Francis & Felipe – Francis & Felipe
Em Todos Os Cantos – Marilia Mendonça
Live Móvel – Luan Santana
Ao Vivo em São Paulo – Mano Walter

Melhor Álbum de Música de Raízes

AJO – Foli Griô Orquestra
Macumbas e Catimbós – Alessandra Leão
Hermeto Pascoal e sua Visão Original do Forró – Hermeto Pascoal
O Ouro do Pó da Estrada – Elba Ramalho
Rei Caipira – Zé Mulato E Cassiano

Melhor Canção em Língua Portuguesa

Ansiosos Pra Viver – Mestrinho
Desconstrução – Tiago Iorc
Etérea – Criolo
Mil e Uma – Claudia Brant e Arnaldo Antunes
Sem Palavras – António Zambujo (letra de Mário Laginha e João Monge)