Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Angelina Jolie e Gwyneth Paltrow somam denúncias contra Weinstein

Atrizes revelaram à revista 'New Yorker' terem sido assediadas pelo produtor de cinema

As acusações de assédio sexual ao produtor Harvey Weinstein chegaram ao alto escalão de Hollywood. Nesta terça-feira, Angelina JolieGwyneth Paltrow quebraram o silêncio e engrossaram as denúncias contra o produtor, já demitido da própria companhia pelas notícias.

“Está na hora de deixarmos claro que situações como essa chegaram ao fim”, declarou Paltrow à revista The New Yorker. Segundo ela, Weinstein a chamou para uma “reunião de negócios” em seu hotel e, lá, se ofereceu para uma massagem e a convidou para subir para o seu quarto. Aos 22 anos, a atriz havia sido escalada recentemente para o filme Emma, do produtor.

Na época, Gwyneth teria relatado o episódio ao namorado, Brad Pitt, que confrontou Weinsten. O produtor, então, ameaçou a atriz, para que não comentasse mais o ocorrido. “Pensava que ele ia me demitir”, confessou.

Gwyneth Paltrow dá palestra durante evento do aplicativo Airbnb em Los Angeles, na Califórnia Gwyneth Paltrow dá palestra durante evento do aplicativo Airbnb em Los Angeles, na Califórnia

Gwyneth Paltrow dá palestra durante evento do aplicativo Airbnb em Los Angeles, na Califórnia (Mike Windle/Getty Images)

Angelina Jolie também passou por um episódio parecido. À mesma publicação, ela contou que no fim da década de 90, durante o lançamento de Corações Apaixonados, rejeitou investidas do produtor em um hotel. “Tive uma experiência ruim com Harvey Weinstein na minha juventude e como resultado escolhi nunca mais trabalhar com ele e advertir outras pessoas quando o faziam”, declarou a atriz.

Nesta terça-feira, a revista The New Yorker publicou um “dossiê” somando as denúncias de assédio e abuso sexual contra Weinstein, feitas pelo jornal The New York Times na quinta-feira passada. O periódico cita dúzias de acusações de antigos e atuais funcionárias do produtor, que alegam ter recebido toques indesejados ou sido submetidas a exibicionismos.

(Com agência EFE)