Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aguinaldo Silva rejeita carnificina de ‘Insensato Coração’ em ‘Fina Estampa’

Segundo autor, mortes vão ocorrer ao longo da trama, mas não será na frequência vista da novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares

O dramarturgo Aguinaldo Silva afastou a possibilidade de que Fina Estampa tenha uma carnificina semelhante à de Insensato Coração. Sua antecessora no horário das nove ficou marcada pelo excesso de mortes acidentais e de assassinatos — na média, foram mais de dois óbitos por mês ao longo da novela.

Em seu perfil no Twitter, Silva esclareceu ainda que a morte de Dona Zilá (Rosa Marya Collyn), no último sábado, não foi um assassinato, e sim “morte naturalíssima”. A personagem deve inclusive voltar à trama: num recurso fantástico que é caro ao autor, Dona Zilá se comunicará do além com personagens da trama.

No rastro dos assassinatos que ocorrerão em Fina Estampa, uma personagem deve se destacar: a perua Tereza Cristina (Christiane Torloni) vai se configurar como a grande vilã da novela.