Clique e assine a partir de 9,90/mês

5 ótimos filmes para ver na Amazon Prime Video

Plataforma de streaming oferece boas opções de longas originais e outros pouco conhecidos que valem ser vistos

Por Raquel Carneiro - Atualizado em 31 mar 2020, 13h26 - Publicado em 31 mar 2020, 13h17

O catálogo da plataforma de streaming Prime Video, da Amazon, costuma ser defendido pelos assinantes como enxuto, mas de boa qualidade. De fato, comparado à Netflix, o canal tem um número menor de opções, mas é o suficiente para o espectador se perder. Abaixo, VEJA destacou cinco bons filmes, de gêneros variados, disponíveis no site. Confira:

A Pé Ele Não Vai Longe

A produção conta a história real do cartunista John Callahan (Joaquin Phoenix), que sofreu um acidente de carro, resultado do alcoolismo, e ficou paraplégico. A história de contornos trágicos é narrada com colorido de comédia pelo diretor Gus Van Sant (de filmes como o Gênio Indomável e Elefante), inspirado no estilo do próprio cartunista: que descobriu a vocação após o acidente. Se sobressai o personagem Donnie (interpretado por Johna Hill), um ricaço hippie que tenta ajudar Callahan a superar os vícios. Corra para assistir, pois o filme deixa a plataforma no dia 10 de abril.

 

Continua após a publicidade

Os Aeronautas

Com Felicity Jones e Eddie Redmayne, o filme do diretor Tom Harper é para quem gosta de tramas de aventura. Redmayne interpreta James Glaisher, um meteorologista e aeronauta inglês que queria provar a possibilidade de prever o tempo e suas mudanças climáticas. Felicity é Amelia Wren, pilota de balão que aceita levar Glaisher ao lugar mais alto que o ser humano já foi, para ajudá-lo com suas pesquisas. O cientista é um personagem real, enquanto Amelia reúne nela diferentes aventureiras e cientistas mulheres do século XIX. A trama quase fantástica é emocionante: para ver com a família.

O Mal Não Espera a Noite — Midsommar

Um rapaz quer terminar o namoro, mas não consegue. Sua namorada há quatro anos, Dani (a ótima Florence Pugh) viveu uma tragédia que a faz passar por constantes crises, mas também a torna uma pessoa que os outros ao redor tem pena. Ele quer passar um mês na Suécia, em uma comunidade alternativa que vai celebrar as tradições europeias do solstício de verão. Ela acaba indo junto. E o que deveria ser um período de viagens alucinógenas e paz de espírito se torna um pesadelo absurdo de tirar o sono. A produção é assinada por Ari Aster, mesmo diretor do perturbador Hereditário.

Continua após a publicidade

Ela

Joaquin Phoenix interpreta Theodore, um homem melancólico e solitário que se apaixona pela assistente virtual, Samantha (voz de Scarlett Johansson). No universo do filme, todas as pessoas vivem dependentes e conectadas aos seus dispositivos eletrônicos, onde encontram refúgio em programas como Samantha, inteligências artificiais moldadas para agradar os donos. O longa dirigido por Spike Jonze (de Quero ser John Malkovich) é sensível, criativo e adequado para quem gosta de refletir sobre a evolução dos relacionamentos pela tecnologia.

Projeto Flórida

O filme é estrelado pela atriz-mirim Brooklynn Prince, que tinha 6 anos na época das gravações. A garota é um furacão de emoções ao interpretar uma menina que vive com a mãe em um hotel de estrada, habitado e frequentado principalmente por pessoas de baixa renda. Com dificuldades para manter um emprego, a mãe da garota é ausente e se envolve em atividades ilícitas, deixando para o zelador Bobby (Willem Dafoe) e os vizinhos ao redor os cuidados da menina. Visto pela ótica da pequena protagonista, o roteiro é singelo e emotivo, causando risos e choros sem apelação.

ASSINE VEJA

Coronavírus: a salvação pela ciência
Coronavírus: a salvação pela ciência Enquanto os melhores laboratórios do mundo entram em uma luta bilionária contra a doença, países trazem experiências bem-sucedidas para que a vida e a economia voltem à normalidade
Clique e Assine
Publicidade