Clique e assine com 88% de desconto

3 filmes imperdíveis do Studio Ghibli para ver na Netflix

No total, 21 produções do aclamado estúdio de animação japonês chegam à plataforma entre fevereiro e abril deste ano

Por Redação - Atualizado em 20 jan 2020, 17h27 - Publicado em 20 jan 2020, 17h02

Os fãs de animações terão muito o que maratonar nos próximos meses: a Netflix anunciou, nesta segunda-feira, 20, que disponibilizará 21 filmes do Studio Ghibli, aclamado estúdio japonês de animação, a partir de fevereiro.

“Atualmente, existem várias maneiras excelentes de um filme alcançar o público. Ouvimos nossos fãs e tomamos a decisão definitiva de disponibilizar nosso catálogo de filmes. Esperamos que pessoas de todo o mundo descubram o universo do Studio Ghibli por meio dessa experiência”, escreveu o produtor Toshio Suzuki em comunicado oficial.

Criado em 1985, o Ghibli ficou famoso, principalmente, pela obra de Hayao Miyazaki, um de seus sócios fundadores. O cineasta venceu o Oscar de melhor animação, em 2013, pelo longa A Viagem de Chihiro, obra que se tornou referência do estúdio.

Confira abaixo três animações imperdíveis para colocar na agenda e a programação completa das estreias:

Meu Amigo Totoro (estreia em 1º de fevereiro)

Cena do filme Meu Amigo Totoro Reprodução/Reprodução

O filme foi o responsável por popularizar a figura do mascote oficial do estúdio, os Totoros: adoráveis criaturas místicas que só podem ser vistas pelas crianças. O conto de Miyazaki acompanha Satsuki e Mei, duas irmãs que se mudam para o interior para ficar mais perto do hospital onde a mãe doente está internada. Em meio a tristeza, as duas vivem aventuras mágicas com as cativantes figuras.

A Viagem de Chihiro (estreia em 1º de março)

Cena do filme A Viagem de Chihiro, vencedor do Oscar de Melhor Animação Reprodução/Reprodução

Único filme não americano a levar a estatueta de melhor animação no Oscar, A Viagem de Chihiro é a produção mais conhecida do estúdio e obra mais aclamada de Hayao Miyazaki. O filme narra a história de uma garota de 10 anos que está de mudança com os pais. Rumo à nova casa, a família segue por um atalho e se depara com um banquete que transforma os pais da menina em porcos. Sozinha em um mundo desconhecido e repleto de seres fantásticos inspirados na mitologia local, Chihiro precisa sobreviver e encontrar uma forma de ajudar os pais. Pela ótica da protagonista, Miyazaki conduz o público pela cultura japonesa e os conflitos entre tradição e modernidade, além de fazer um alerta para a questão ambiental.

Publicidade

O Conto da Princesa Kaguya (estreia em 1º de março)

Reprodução/Reprodução

Último filme de Isao Takahata antes de sua morte, o Conto da Princesa Kaguya é também o mais belo de sua carreira. Na história, um velho cortador de bambu encontra uma diminuta princesa – que cresce rapidamente e acaba adotada por ele e a mulher. Convencidos de que ela deve ter um destino nobre, eles a levam do campo para a capital, para que viva em meio ao luxo e encontre um marido aristocrata. A garota, porém, não esquece a vida de camponesa que deixou para trás, e acaba atraindo para si uma severa punição. O filme é hipnótico, e de uma beleza deslumbrante na maneira como homenageia os estilos tradicionais japoneses de pintura e gravura.

Programação completa de estreias do Studio Ghibli na Netflix:

1º de fevereiro

O Castelo no Céu
Meu Amigo Totoro
O Serviço de Entregas da Kiki
Memórias de Ontem
Porco Rosso: O Último Herói Romântico
Eu Posso Ouvir o Oceano
Contos de Terramar

1º de março

Publicidade

Nausicaä do Vale do Vento
Princesa Mononoke
Meus Vizinhos, Os Yamadas
A Viagem de Chihiro
O Reino dos Gatos
O Mundo dos Pequeninos
O Conto da Princesa Kaguya

1º de abril

Pom Poko: A Grande Batalha dos Guaxinins
Sussurros do Coração
O Castelo Animado
Ponyo – Uma Amizade que Veio do Mar
Da Colina Kokuriko
Vidas ao Vento
As Memórias de Marnie

Publicidade