Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

USP perde uma posição em ranking internacional

Universidade é listada como a 121ª melhor do mundo e Unicamp, segunda brasileira mais bem colocada, sobe 9 posições

Por Da Redação Atualizado em 8 jun 2017, 11h40 - Publicado em 8 jun 2017, 11h39

Depois de subir 23 posições no ranking QS World University, da publicação britânica Quacquarelli Symonds (QS) do ano passado, a Universidade de São Paulo (USP) teve uma leve queda na lista de 2017, divulgada nesta quinta-feira. De 120ª melhor do mundo em 2016, a instituição ficou na 121ª posição neste ano. Já a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), segunda brasileira com melhor colocação, subiu nove posições, ocupando o 182º lugar. Desde 2013, a Unicamp avançou 33 colocações e junto a USP são as únicas universidades do Brasil entre as “top 200” do ranqueamento.

  • As demais instituições do país que aparecem na lista são Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em 311º lugar, subindo dez posições em relação a 2016. Já a Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) está na faixa das 491-500 melhores. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e Universidade Federal do Rio Grande Do Sul (Ufrgs) ocupam a zona seguinte, das 501-550 melhores do mundo.

    A USP continua a ser a segunda melhor instituição da América Latina a aparecer na lista. A Universidade de Buenos Aires (UBA), na Argentina, assume a liderança latina desde 2016 e, neste ano, ocupa o 75º lugar.

    Melhores Universidades do Mundo

    Segundo o ranking, a melhor universidade do mundo continua sendo o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (em inglês, MIT) pelo sexto ano consecutivo. Em seguida, aparecem as também americanas Universidade Stanford, Universidade Harvard e Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech). A melhor britânica é a Universidade de Cambridge, na quinta colocação. Completam a lista das dez melhores Universidade de Oxford (Reino Unido), University College de Londres (Reino Unido), Imperial College de Londres (Reino Unido), Universidade de Chicago (EUA) e Instituto Federal Suíço de Tecnologia (ETH; Suíça), nesta ordem.

    A empresa britânica QS avaliou, aproximadamente, 1.000 universidades de 84 países de acordo com a reputação no meio acadêmico e no mercado de trabalho, a proporção de alunos por funcionários, quantidade de citações e de artigos publicados, quantidade de professores doutores, presença na internet e internacionalização da instituição, com parcerias e alunos estrangeiros. Confira aqui o ranking na íntegra.

    Continua após a publicidade
    Publicidade