Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sisu registra quase 560.000 inscritos em doze horas

Processo seleciona estudantes para 171.000 vagas em cursos de ensino superior. Prazo de inscrição termina no dia 10

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) registrou, até as 12h desta segunda-feira, 557.960 inscritos, segundo o Ministério da Educação (MEC). Como cada estudante pode selecionar até duas opções de cursos, o número de matrículas já passa de 1 milhão. No ano passado, foram pouco mais de 1,8 milhão de pessoas inscritas.

O sistema utiliza a nota obtida pelos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013 para selecionar candidatos para 115 instituições públicas de ensino superior. As inscrições começaram nesta segunda-feira e o sistema ficará disponível até as 23h59 da próxima sexta-feira.

Segundo o ministro Aloizio Mercadante, das 171.756 vagas disponíveis, 64.082 são direcionadas a alunos cotistas. De acordo com a Lei das Cotas, todas as universidades federais, além de institutos de educação, ciência e tecnologia e centros de educação tecnológica participantes do Sisu, devem garantir pelo menos 25% das vagas para estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas.

Para concorrer, os candidatos devem, obrigatoriamente, ter realizado o Enem 2013 e não podem ter obtido nota zero na redação. Neste ano, o número de vagas é 33% maior do que o ofertado no primeiro semestre de 2013 (129.279). A quantidade de cursos também aumentou, chegando a 4.731 opções (salto de 26%). A maior concentração está no Nordeste – quase 40% das vagas -, seguido por Sudeste (28%), Sul (13%), Centro-Oeste (12,5%) e Norte (7%). Em 2013, mais de 5 milhões participaram das provas do Enem.

A partir de terça-feira, o Sisu passará a calcular as notas dos inscritos e informará a linha de corte para cada carreira. Mercadante instruiu os estudantes a monitorarem o site até o último dia de inscrições para saber se a nota obtida no Enem será suficiente para ingressar em um curso. “É possível mudar as opções até o último dia, possibilitando ao candidato escolher o curso que for mais viável para ele de acordo com sua nota”.

Leia também:

MEC divulga notas do Enem 2013

Site do Sisu vaza dados de candidatos

Quadrilha que fraudou vestibulares de medicina atuou também no Enem

Teste vocacional: descubra as carreiras que têm mais a ver com você

A primeira chamada do processo seletivo será anunciada no dia 13 de janeiro, e os selecionados deverão efetuar a matrícula nos dias 17, 20 e 21. No dia 27, será divulgada a segunda chamada.

Quem ficar de fora das duas listagens poderá se inscrever na lista de espera entre os dias 27 de janeiro e 7 de fevereiro. O estudante só poderá manifestar interesse para o curso correspondente à primeira opção e não poderá participar o candidato que tenha sido convocado para o curso de primeira opção em qualquer uma das chamadas regulares.

Sisutec – Mercadante também disse que os estudantes que fizeram o Enem 2013 poderão se inscrever no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) a partir de março. O programa foi lançado em 2013 para aumentar o número de vagas no ensino profissionalizante e registrou mais de 380.000 inscritos. Segundo o ministro, neste ano, a seleção será semelhante ao Sisu. Os prazos ainda não foram confirmados.

Cronograma:

– 6 a 10 de janeiro (23h59, no horário de Brasília): inscrições

– 13 de janeiro: primeira chamada

– 17, 20 e 21 de janeiro: matrícula da primeira chamada

– 27 de janeiro: segunda chamada

– 27 de janeiro a 7 de fevereiro: inscrição na lista de espera

– 31 de janeiro a 4 de fevereiro: matrícula da segunda chamada

– a partir de 11 de fevereiro: convocação dos candidatos em lista de espera