Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Reta final: guia para a prova do Enem 2009

A pouco mais de dois meses do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), VEJA.com traz aos estudantes um guia esclarecedor sobre a prova, que pretende desanuviar o horizonte dos alunos. As reportagens, depoimentos e vídeos dão conta da comparação entre o antigo e o novo formato do Enem, explicam o caminho que o estudante deve percorrer para usar o resultado da prova no acesso às universidades federais e apresentam dicas de professores: como se organizar para realizar o exame, como fazer uma boa redação e como resolver questões com gráficos ou tabelas – três dos grandes obtáculos. Além disso, estudantes que já realizaram a velha prova – e também simulados da nova – falam sobre suas impressões.

Nos dias 3 e 4 de outubro, 4,5 milhões de estudantes de todo o país irão enfrentar a prova – principal avaliação brasileira do conhecimento adquirido pelos alunos que encerraram o ensino médio. Além do novo formato (veja quadro a seguir), o exame ganhou mais atenção porque seu resultado funcionará como nota de acesso a 22 universidades federais do país – além de complementar a média do vestibular de outras instituições federais e mais de mil particulares.

Héliton Ribeiro Tavares, diretor do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela prova, diz que, apesar das mudanças, o exame continuará explorando a capacidade de os alunos solucionarem questões interdisciplinares – ou seja, que envolvam saberes ligados a mais de uma disciplina escolar. Ele esclarece ainda a maior dúvida do estudante: o exame ficou mais difícil? “Aumentamos o número de questões e, é claro, colocaremos itens mais difíceis, mesmo que em menor número, para obter uma nota mais precisa do candidato”.

Diferenças entre o velho e o novo Enem Até 2008A partir de 2009Formato63 testes de múltipla escolha e uma redação180 testes de múltipla escolha e uma redaçãoDuração5 horas, em um único dia dois dias: 4 horas e meia no primeiro e 5 horas e meia no segundo dia, quando há a redação Disciplinas cobradasPortuguês, geografia, história, biologia, matemática, física e química, além da redação Áreas do conhecimento: matemática, linguagens e códigos, ciências humanas e ciências da natureza, além da redação Características do exameExplorar as ligações interdisciplinares e o racioncínio lógico, avaliar a capacidade do aluno de resolver situações-problema e interpretar textos e imagens Interdisciplinaridade e contextualização seguem em alta, com ênfase nos conteúdos das áreas do conhecimento DatasProvas em agosto, e a divulgação dos resultados em novembro Provas em outubro, e a divulgação dos resultados em dezembro (testes) e janeiro (resultado final, com nota da redação) ImportânciaResultado do exame era utilizado como alternativa ou complemento da nota dos vestibulares de mais de mil instituições Resultado do exame servirá como nota integral do vestibular de 22 universidades federais – no futuro, todas essas instituições devem adotar modelo