Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

MEC pode processar alunos e jornalista que ‘tuitaram’ sobre Enem

O Ministério da Educação informou em seu Twitter, no meio da tarde deste domingo, que está monitorando os alunos que estariam postando mensagens de dentro dos locais de realização da prova (confira reprodução da mensagem do MEC). Segundo o perfil do ministério, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela realização do exame, poderá processar aqueles alunos.

O MEC disse ainda que o jornalista do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), inscrito para fazer a prova e que mandou um torpedo por celular à equipe na redação avisando qual era o tema da redação, também poderá ser processado. Segundo o ministério, ele teria cometido um “ato ilícito ao atentar contra as regras do certame”.

Na tarde deste domingo, poucas horas após o início do segundo dia de provas do Enem, dezenas de jovens começaram a postar mensagens no Twitter. Além de se vangloriarem por despistar os fiscais e conseguirem tirar fotos da prova via internet, eles pediam ajuda para a resolução de questões.