Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Enem acontecerá em 2019 e não terá ‘questões ideológicas’, diz Weintraub

Ministro não comentou imbróglio de gráfica, mas orientou estudarem a focarem 'mais nas técnicas de escrita, interpretação de texto, matemáticas e ciências'

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou nesta quinta-feira, 25, que não há risco de não acontecer a edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A fala aconteceu durante transmissão ao vivo pelo Facebook ao lado do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

“O risco de não ter Enem nesse ano está totalmente afastado”, disse Weintraub. O ministro criticou as notícias que indicam atraso na preparação da prova, mas não comentou o fato de ainda não estar contratada a nova gráfica que fará a impressão da prova após a falência da fornecedora anterior.

Abraham Weintraub aproveitou para dar um recado aos estudantes e dizer que “questões ideológicas, como ocorreram no passado, não ocorrerão neste ano”, reproduzindo o discurso de Bolsonaro, que em 2018 criticou questões da prova por considerá-las dirigidas ideologicamente. “Foque mais nas técnicas de escrita, interpretação de texto, matemáticas e ciências”, completou o ministro.

Durante a transmissão, o presidente Jair Bolsonaro elogiou a operação PC27, articulação das polícias civis dos 26 estados e do Distrito Federal que prendeu 4.000 presos procurados pela Justiça. O líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), ressaltou a aprovação da reforma da Previdência na CCJ, destacando o presidente da comissão, Felipe Franschini (PSL-PR), o relator, Marcelo Freitas (PSL-MG) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).