Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Enem 2016: chutar ou deixar em branco – o que é melhor?

No sábado e domingo depois do Enem, o site de VEJA exibirá o gabarito extraoficial com questões resolvidas pelo Anglo Vestibulares

Neste fim de semana, 8,6 milhões de candidatos enfrentam a “maratona” do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). São dez horas para resolver 180 questões, o que daria uma média de 3,3 minutos para cada pergunta – sem contar a redação e preenchimento do cartão resposta. Com esse tempo reduzido, algumas questões podem ficar de lado e, segundo os professores, há uma boa técnica para decidir se é melhor chutar as respostas ou deixá-las em branco. Thiago Dutra, professor de matemática do Anglo Vestibulares, explica que, para escolher o que fazer, o aluno deve conhecer a Teoria de Resposta ao Item (TRI), a metodologia usada pelo Enem para avaliar os estudantes.

No sábado (5 de novembro), os alunos terão 4h30 para resolver as questões de Ciências Humanas e da Natureza e, no domingo (6 de novembro), serão 5h30 para concluir a prova de Redação, Matemática e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.

Depois do exame, o site de VEJA exibe o gabarito extraoficial com questões resolvidas pelos professores do Anglo Vestibulares.

Confira todas as dicas sobre a Teoria de Resposta ao Item (TRI):

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. lucy ribeiro carneiro

    O melhor seria estudar para fazer a prova consciente do que se aprendeu e pôr em prática.

    Curtir