Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Perspectivas para zona do euro melhoram, diz OCDE

Sinais para a união monetária são positivos, mas hesitantes; Estados Unidos e Japão continuam a progredir

Por Da Redação
12 mar 2012, 08h49

Perspectivas para o Brasil e a China pioram, aponta OCDE

A zona do euro está mostrando sinais hesitantes de melhora, conforme a última leitura da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgada nesta segunda-feira. O principal indicador da OCDE – uma medida que busca sinalizar os pontos de virada da atividade econômica – subiu para a zona do euro em janeiro e também ficou positivo para a Grã Bretanha, somando, respectivamente, 0,2 ponto porcentual e 0,1 ponto porcentual (p.p.).

As melhoras detectadas nos últimos meses nos Estados Unidos e no Japão mantiveram-se, com altas de 0,7 p.p. e 0,5 p.p. em janeiro, respectivamente, informou em relatório a organização sediada em Paris. “Os Estados Unidos e o Japão continuam guiando a posição geral, mas, de modo mais forte, embora sinais hesitantes estejam começando a surgir dentro de outras grandes economias da OCDE e na zona do euro como um todo”, disse.

O Brasil e a China, no entanto, mostram sinais de enfraquecimento, segundo a OCDE, que identificou uma queda de 0,6 p.p. para a China e recuo de 0,2 p.p. para o Brasil em janeiro.

Continua após a publicidade

O grupo da OCDE, composto por mais de 30 nações industrializadas em sua maioria, disse que a medida subiu pelo terceiro mês consecutivo em janeiro, em 0,4 ponto percentual, ligeiramente acima das altas registradas nos meses anteriores.

(com Reuters)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.