Clique e assine a partir de 9,90/mês

Conselho da Oi aprova venda da Portugal Telecom à Altice

Negócio, contudo, depende do apoio de acionistas tele portuguesa, que podem preferir proposta da empresária angolana Isabel dos Santos

Por Da Redação - 5 dez 2014, 16h05

O Conselho de Administração da empresa brasileira de telecomunicações Oi aprovou a venda da Portugal Telecom (PT) para a Altice, confirmou uma fonte à agência Reuters. No entanto, o negócio, avaliado em 7,4 bilhões de euros, ainda depende do apoio dos acionistas da PT, que podem preferir a oferta pública de aquisição de ações (OPA) proposta pela empresária angolana Isabel dos Santos.

Conforme noticiou a Reuters, a administração da PT vai submeter a venda à aprovação de seus acionistas em assembleia. Procurada, a Oi disse que não iria se pronunciar.

Leia mais:

Acionistas da Oi aprovam venda da Portugal Telecom para a Altice

Continua após a publicidade

Oi venderá ativos da PT para Altice por US$ 9,2 bi

Oi registra lucro de R$ 5 milhões no 3º trimestre

O Conselho da Oi estava em negociações com a Altice, que ofereceu 7,4 bilhões de euros pelos ativos portugueses. A PT é a maior acionista da operadora brasileira, com 25,6% do capital.

O grupo Altice foi o primeiro a fazer proposta pela PT. A oferta original era de 7,025 bilhões de euros. Os fundos Apax Partners e Bain Capital propuseram 7,075 bilhões de euros. Na semana passada, Apax e Bain se associaram à portuguesa Semapa para derrubar a oferta da Altice, mas a francesa venceu.

Continua após a publicidade

Com a venda dos ativos portugueses, a Oi, que tem dívida de 48 bilhões de reais, aumenta o fôlego para participar da consolidação do setor. Há dois caminhos mais prováveis nesse processo atualmente. O primeiro é o fatiamento da TIM Brasil pelas concorrentes Oi, Vivo e Claro, proposta que está sendo elaborada pelo BTG Pactual. Outro cenário em avaliação pela controladora da TIM, a Telecom Italia, é uma fusão com a Oi.

(Com agência Reuters)

Publicidade