Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Anatel: leilão do 2,5GHz sai até abril, com 4 faixas

Por Da Redação
13 set 2011, 14h25

Por Luana Pavani

São Paulo – A faixa de frequência de 2,5 gigahertz (Ghz), que permite a prestação de serviço de tecnologia 4G, com maior velocidade de banda larga, será licitada até o ano que vem. Segundo o conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Batista de Rezende, a data-limite com a qual o órgão regulador trabalha é 30 de abril de 2012 para o leilão, que terá três faixas de 20MHz e uma de 10MHz. O espectro não é todo leiloado, pois já é ocupado por provedores de Serviço de Distribuição de Sinais Multiponto Multicanais (MMDS), como operadoras de TV a cabo. Essas empresas serão ressarcidas durante o leilão, em valor a ser divulgado somente no edital.

“A faixa de 2,5GHz é fundamental para a Copa de 2014. E a agência vai seguir o cronograma”, afirmou Rezende, após painel de debates no segundo dia do evento Futurecom, realizado em São Paulo. Como são quatro lotes e cinco operadoras previstas para a disputa, não haverá espectro adicional para todas. “Espectro será um bem raro no futuro, e vital para as empresas”, comentou.

Após o leilão de 2,5GHz, será a vez da faixa de 3,5Ghz, que a Anatel já colocou em

Continua após a publicidade

consulta pública, e depois uma nova faixa, de 450MHz, para atender localidades em zona rural. “Ainda estamos estudando o modelo de negócios dessa faixa”, disse o conselheiro.

Também está nos planos da oferta de espectro pela Anatel a revisão da faixa de 700MHz, hoje utilizada para radiodifusão, mas que tem capacidade técnica para prestar serviço de internet móvel. “Na minha opinião, o debate terá de ser bem costurado política e tecnicamente, para liberar parte dessa faixa para a comunicação móvel, como já ocorre nos Estados Unidos”, afirmou Rezende.

Segundo ele, o tema terá de acompanhar algum incentivo para a digitalização da TV aberta, de forma que sobre banda para a futura licitação da faixa de 700MHz. O prazo para a digitalização entre radiodifusoras é 2016, mas, segundo Rezende, a Anatel pode vir a estudar a modelagem antes disso, prevendo também mecanismo de ressarcimento, como no caso do 2,5Ghz. Com a maior oferta de espectro, que é um pedido das operadoras, Rezende diz que “a Anatel se antecipa à expansão da banda larga”, e faz um alerta: “Mas as teles têm seu compromisso de investir na melhoria da qualidade.”

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.