Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Vídeo: ao perder o Oscar, Michael Keaton esconde discurso

Ator era um dos favoritos, mas o britânico Eddie Redmayne levou a melhor por seu trabalho em ‘A Teoria de Tudo’

Por Da Redação 24 fev 2015, 15h41

Não foi dessa vez, Michael Keaton. O protagonista de Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) era um dos favoritos ao Oscar de melhor ator, mas acabou preterido: a Academia decidiu premiar Eddie Redmayne, que deu vida ao físico Stephen Hawking em A Teoria de Tudo. Imediatamente após o anúncio do vencedor, Keaton foi flagrado guardando rapidamente um papel no bolso. Cuidadosamente dobrado, o objeto foi apontado pelos olhares mais atentos como o discurso de agradecimento que o ator faria.

Leia também:

‘Birdman’ atropela ‘Boyhood’ e se consagra no Oscar

O gesto de Keaton acontece ao mesmo tempo em que Redmayne sobe ao palco para receber os aplausos da plateia. Keaton coloca algo embaixo do braço assim que o nome do ator britânico é anunciado e se levanta, como o resto da plateia. Em seguida, abre o paletó e devolve o papel ao bolso, ficando com as mãos livres para bater palmas.

Apesar da longa carreira cinematográfica de Keaton, esta foi a primeira indicação do ator de 63 anos ao Oscar. Na trama, que levou o prêmio de melhor filme na festa, ele vive um ator de cinema que se arrisca nos palcos da Broadway, com o objetivo de se livrar do estigma do passado, quando estrelou uma superprodução de super-herói.

Enquanto isso, no palco, Redmayne fazia a festa à sua maneira.

Publicação by The Academy.

Continua após a publicidade

Publicidade