Clique e assine com até 92% de desconto

Tommy Lee, do Mötley Crue, diz que foi atacado pelo filho

Jovem de 21 anos teria batido no pai enquanto ele dormia

Por Redação 7 mar 2018, 12h38

Tommy Lee, 55 anos, baterista da banda Mötley Crue, afirma que foi atacado pelo filho Brandon, 21. Segundo a revista People, a polícia de Los Angeles recebeu um chamado sobre o incidente na noite de segunda-feira. O músico foi levado ao hospital em seguida.

Brandon, que é filho de Tommy com a modelo Pamela Anderson, não foi preso. No Twitter, o músico contou a história. “Minha noiva e eu estávamos na cama quando meu filho entrou no quarto e me atacou. Eu pedi para ele ir embora de casa e ele me socou até me deixar inconsciente. Ele fugiu da polícia. E esta é a verdade.”

  • Em seguida, ele publicou uma selfie com os lábios machucado, mas apagou a foto rapidamente. “Meu coração está partido. Você pode dar aos seus filhos tudo o que eles querem e eles ainda podem se virar contra você. Bom trabalho, Brandon. Ótimo filho”, escreveu na legenda da imagem deletada.

    Segundo o TMZ, Brandon teria se defendido do pai, que estaria bêbado.

    Continua após a publicidade
    Publicidade