Clique e assine a partir de 8,90/mês

Tom Cruise inaugura templo da Cientologia de R$ 330 mi

Catedral na Flórida será usada para desenvolver 'super-poderes' em fieis. Atores John Travolta e Kelly Preston também participaram da inauguração

Por Da Redação - 19 nov 2013, 07h45

O prédio mais alto de Clearwater, na Flórida (EUA), acaba de ser inaugurado, com a presença de celebridades de Hollywood como John Travolta, Kelly Preston e Tom Cruise, e com a declarada intenção de desenvolver “super-poderes” nas pessoas. O edifício, orçado em 145 milhões de dólares (cerca de 330 milhões de reais) e construído ao longo de 15 anos, pertence à Cientologia, a religião de Cruise, Travolta e outros que seguem os livros de L. Ron Hubbard, autor de ficção científica fundador da seita.

Leia também:

Cientologia, uma crença de outra galáxia

Ex-seguidores se dizem ameaçados pela cientologia

A inauguração da catedral foi feita neste domingo, com a presença de 6.000 fiéis, sob o comando do líder espiritual do grupo, David Miscavige. De acordo com matéria do jornal local Tampa Bay Times, a catedral será a primeira sede do programa “Super-Poderes” desenvolvido por Hubbard ainda nos anos 1970. Segundo esse programa, os fiéis treinados terão habilidades para “criar um novo mundo”. “O programa de Super-Poderes é uma série de processos de aconselhamento espiritual projetados para devolver a uma pessoa o seu próprio ponto de vista, aumentar sua percepção, exercer o seu poder de escolha e ampliar outras habilidades espirituais”, disse em comunicado o porta-voz da Igreja, Ben Shaw.

Continua após a publicidade

Cientologia aposta em famosos para ‘vender’ a seita

Cientologia separou Nicole Kidman dos filhos

Como parte dessa terapia, aquele que deseja desenvolver super-poderes deve girar em um simulador de anti-gravidade com os olhos vendados para melhorar os 57 sentidos eleitos por Hubbard como primordiais — a lista inclui visão, olfato, paladar e circulação sanguínea.

O treinamento será desenvolvido no quinto andar do edifício principal. No térreo, o templo receberá visitantes interessados em se informar sobre a religião. Nos primeiros três andares, além de escritórios e salas de aula, haverá exposições a respeito do sistema e das práticas da seita e salas de aconselhamento, em que fiéis têm consultas de até 1.000 dólares. No porão, fica uma cozinha enorme e salas de jantar.

Ouvida pelo Tampa Bay Times, a seguidora Danielle Lumberg, que não conseguiu entrar no evento, mas acompanhou tudo do lado de fora, comparou o novo templo a um parque da Disney World.

Continua após a publicidade
Publicidade