Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Lulu Santos não partiu para o abraço

Em edição com covers de Sia e Selena Gomez, cantor não aplaudiu nem consolou candidata que esqueceu a letra

Por Da redação Atualizado em 28 out 2016, 19h04 - Publicado em 28 out 2016, 09h57

Claudia Leitte, quem diria, conseguiu passar despercebida no The Voice Brasil. A espalhafatosa jurada do reality show musical da Globo teve a sua atuação abafada pela presença de duas sósias de estrelas pop e por uma indelicadeza do colega Lulu Santos. Ele não aplaudiu Carol Hends, uma candidata de 22 anos que, nervosa, errou a letra no início da sua apresentação e não conseguiu se classificar. Como uma espécie de prêmio de consolação, todos os outros jurados levantaram para abraçar a cantora.  Lulu permaneceu sentado. Nas versões americanas desses programas, isso não significaria nada – sempre há pelo menos um jurado fazendo o gênero malvado. No Brasil, porém, o simples fato de Lula não ter abraçado a cantora que errou suscitou uma leva de críticas em redes sociais.

As covers foram Amanda Lince, idêntica a Selena Gomez, e Gabriela Ferreira, a Sia tupiniquim. Mas as semelhanças estão mais no plano físico: enquanto Gabriela defendeu uma música da Sia, Chandelier, que a pôs no time de Lulu Santos, a mineira Amanda foi de… música sertaneja. Ela cantou Infiel, hit de Marília Mendonça, que a fez conquistar Michel Teló.

Verdade seja dita, com aquele cabelo loiro de franjinha no meio da testa, Gabriela Ferreira estava mais para a a vilã Magnólia, na primeira fase de A Lei do Amor. Ou para a sua congênere Paola Bracho, de A Usurpadora

O Twitter surtou com as possibilidades:

Continua após a publicidade

 

 

 

 

 

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade