Clique e assine a partir de 8,90/mês

Taylor Swift recebe 89 fãs em casa para ouvir ‘1989’

Em entrevista a David Letterman, cantora contou que pôs novo disco para tocar em primeira mão e serviu um jantar aos fãs, ao que foi chamada de 'Madre Teresa'

Por Da Redação - 29 out 2014, 11h44

Taylor Swift expõe a intimidade de ex-namorados em músicas e acaba de atacar, numa entrevista, uma colega da música pop que todos apostam ser Katy Perry. Mas continua uma fofa. Na opinião do entrevistador David Letterman, mais do que isso: Taylor é uma Madre Teresa de Calcutá. O apresentador a chamou assim em entrevista transmitida na noite desta terça-feira nos Estados Unidos, depois de a cantora contar que convidou 89 fãs para irem a cada uma de suas quatro casas, onde ouviram seu novo disco em primeira mão e comeram um jantar especialmente preparado para a ocasião.

LEIA TAMBÉM:

Estrelismo de Taylor Swift rende processo de empresa de transportes de NY

Taylor Swift é eleita a celebridade mais caridosa de 2013

Taylor Swift encarna a ‘gata molhada’ em capa de revista

Taylor Swift compara música a relacionamentos em artigo

“Essa foi uma iniciativa que eu chamei de ‘Sessões secretas de 1989‘”, disse ela a Letterman. “Eu queria tocar meu novo álbum inteiro a fãs antes de lançá-lo, em uma espécie de festa-audição. Então, a coisa mais lógica a fazer era convidá-los a aparecer onde eu tivesse uma casa, acomodá-los na sala de estar e colocar o disco para tocar.” Cada endereço de Taylor — Nova York, Los Angeles, Nashville e Road Island, além de um quarto de hotel em Londres — recebeu então um grupo de 89 pessoas. As que tinham menos de 18 anos ainda podiam levar um responsável a tiracolo. Entre os selecionados para a audição, estavam fãs que já haviam interagido com Taylor, nos bastidores dos shows ou nas redes sociais.

1989, o disco que marca a guinada definitiva de Taylor da música country para o pop, é a esperança do mercado fonográfico americano para não terminar 2014 sem um único disco de platina entregue a um artista ou banda. Ninguém vendeu 1 milhão de cópias no país neste ano.

https://youtube.com/watch?v=J1c-QlA-1Kw%3Flist%3DUUVUx0VcNxnHx7ZjuZK5Sthw

Out of the Woods

“Olhando para ele agora / Tudo parece tão simples / Estávamos deitados no sofá / eu me lembro / Você tirou uma Polaroid de nós / Então descobriu / o resto do mundo era preto e branco / Mas estávamos em cores gritantes / E eu me lembro de pensar / Será que estamos fora de perigo ainda?”, diz um trecho do single Out of the Woods, do novo álbum da cantora, 1989, dedicado ao cantor Harry Styles, da banda One Direction. O namoro dos dois durou pouco mais de dois meses, entre outubro de 2012 e janeiro de 2013, o suficiente para inspirar a cantora.

https://youtube.com/watch?v=Jb2stN7kH28%3Ffeature%3Dplayer_embedded

Our Song

“Ele tinha uma mão no volante/ E a outra em meu coração/ Olhei em volta, desliguei o rádio/ Ele disse ‘Baby, há algo errado?’/ Eu disse ‘Nada, estava só pensando como nós não temos uma canção’”. Primeira música dedicada a um ex-namorado, não se sabe qual, da cantora, antes da fama.

https://youtube.com/watch?v=SOxBnyh9EIc

Should’Ve Said No

“Você devia ter dito ‘não’, ido pra casa/ Devia ter pensado duas vezes antes de botar tudo a perder/ Devia ter recusado, mas o que fez com ela/ Chegou aos meus ouvidos.” Pela primeira vez, Taylor transforma o término de um relacionamento conturbado em sucesso. A música foi dedicada a um ex-namorado do colegial que a traiu.

https://youtube.com/watch?v=yCMqcFAigRg%3Ffeature%3Dplayer_embedded

Picture to Burn

“Eu odeio essa estúpida caminhonete velha/ Que você nunca me deixa dirigir/ Você é um caipira, destruidor de corações/ Que é realmente um péssimo mentiroso.” O caipira não chegou a ser namorado de Taylor Swift, mas arrogância do rapaz, com quem ela saiu algumas vezes, serviu de inspiração para a letra virulenta.

Forever and Always

“E eu olho para o telefone/ Ele ainda não ligou/ E você se sente tão fraca, que não consegue sentir mais nada/ E você relembra quando ele falou/ ‘Para sempre e sempre’.” Dedicada ao músico Joe Jonas, dos Jonas Brothers, que terminou o namoro pelo telefone. A primeira canção dedicada a um ex-namorado famoso.

Dear John

“Bem, talvez a culpa seja minha e de meu otimismo cego/ Talvez você e sua necessidade doentia de dar amor e tirar depois/ E você vai adicionar o meu nome a sua longa lista de traidores/ E eu vou olhar para trás e lamentar como eu ignorei quando diziam ‘Corra o mais rápido que puder’.” Pelo nome não há como esconder que a música foi dedicada ao cantor John Mayer e ao tratamento que ele dava à sua ex-namorada. Em entrevista à revista americana Rolling Stone, Mayer contou que se sentiu humilhado com a canção.

https://youtube.com/watch?v=nN6VR92V70M%3Ffeature%3Dplayer_embedded

The Story of Us

“Agora estou sozinha em uma sala lotada/ E não estamos nos falando/ E eu estou morrendo de vontade de saber: isso mata você de alguma forma, como mata a mim?/ Eu não sei o que dizer sobre a reviravolta do destino quando tudo se quebrou/ E nossa história se parece com uma tragédia agora.” Outra música dedicada ao conturbado fim de namoro com John Mayer.

https://youtube.com/watch?v=QUwxKWT6m7U%3Ffeature%3Dplayer_embedded

Back to December

“Desejava ter percebido o que tinha quando você era meu/ Eu volto para dezembro, mudo tudo/ E faço tudo certo/ Eu volto para dezembro toda hora.” Dedicada ao ator Taylor Lautner. A cantora, arrependida, admite ser a culpada pelo fim do namoro.

https://youtube.com/watch?v=WA4iX5D9Z64%3Ffeature%3Dplayer_embedded

Continua após a publicidade

We Are Never Ever Getting Back Together

“Eu digo que odeio você, terminamos, você me liga, eu amo você/ Você voltou atrás mais uma vez na noite passada/ Mas, desta vez, estou lhe dizendo/ Nós nunca, nunca, nunca vamos voltar.” Apesar de Taylor Swift nunca ter confirmado, os fãs da cantora insistem que a música foi feita para o seu namorado no final de 2012, o ator Jake Gyllenhaal.

Safe & Sound (2011)

A música foi gravada para a trilha sonora do filme Jogos Vorazes em parceria com a dupla de folk The Civil Wars, formada por Joy Williams e John Paul White.

Tim McGraw (2006)

A música é o primeiro single de seu álbum estreia, Taylor Swift, lançado em 2006. O título da canção se refere ao cantor de country Tim McGraw, famoso nos Estados Unidos.

 

Love Story (2008)

Faixa de seu segundo álbum de estúdio, Fearless, de 2008, a música foi responsável pelo início do sucesso internacional da cantora e se tornou um dos singles mais vendidos de todos os tempos.

 

White Horse (2008)

Também faixa do álbum Fearless, a canção rendeu dois prêmios no Grammy de 2010 nas categorias de melhor música country e melhor performance country feminina.

 

 

You Belong With Me (2009)

Das três indicações que recebeu ao Grammy de 2010 (Gravação do Ano, Música do Ano e Melhor performance feminina de música pop), a música não levou nenhum desses prêmios para casa, perdendo para Kings of Leon na primeira categoria e para Beyoncé nas outras duas.

 

Back to December (2010)

A canção é o segundo single no terceiro álbum da americana, Speak Now (2010). Alguns dizem que a música foi escrita para pedir desculpas a seu ex-namorado, o ator Taylor Lautner, o lobisomem da saga Crepúsculo.

 

Mean (2011)

Faixa de seu terceiro disco, a canção ganhou os prêmios do Grammy de 2012 nas categorias de melhor canção country e melhor performance country solo.

 

https://youtube.com/watch?v=NGPyZ7vVO_o

Long Live (2012)

A canção é um dueto entre Taylor Swift e a cantora sertaneja Paula Fernandes, lançado no início deste ano.

 

Continua após a publicidade
Publicidade