Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Sotheby’s e eBay fecham parceria para leilões online

Site vai lançar plataforma para transmitir leilões ao vivo e usuários poderão dar lances em tempo real de qualquer lugar do mundo

Por Da Redação 14 jul 2014, 17h27

A Sotheby’s anunciou nesta segunda-feira uma parceria com o site de vendas eBay, que criará uma plataforma online para transmitir ao vivo alguns dos leilões realizados em Nova York. O novo sistema permitirá a qualquer pessoa dar lances em tempo real de qualquer lugar do mundo.

Os leilões noturnos, habitualmente reservados aos lotes de arte mais valiosos, ficarão de fora do acordo e as duas empresas devem centrar a aposta digital em segmentos como joalheria e relojoaria, gravuras, fotografias, vinhos e designs do século XX. Mais adiante se estudará a possibilidade de acrescentar as vendas de outros escritórios da casa de leilões, como Paris, Londres e Hong Kong.

Leia também:

Christie’s e Sotheby’s leiloam US$ 1 bilhão em arte em NY

Andy Warhol é artista com mais vendas em leilões em 2013

Escultora brasileira Lygia Clark se destaca em leilão em Nova York

Continua após a publicidade

O acordo com o eBay, que possui 145 milhões de usuários, tem o intuito de melhorar a presença da Sotheby’s na internet e atualizar seus processos, além de melhorar a imagem de antiquada da famosa casa de leilões, fundada em Londres, em 1744.

“O crescimento do mercado de arte e as tecnologias de nova geração Y fazem deste o momento adequado para uma oportunidade online”, diz o chefe de operações da empresa, Bruno Vinciguerra. Para o eBay, o pacto oferece a possibilidade de expandir seu mercado de leilões ao vivo e de se aliar a um dos nomes “mais respeitados” do mundo das artes.

“Ao combinar seu acervo com a plataforma tecnológica e o alcance global do eBay, podemos dar acesso aos melhores e mais inspiradores objetos em qualquer momento, desde qualquer lugar e com qualquer dispositivo”, destacou o presidente de marketplaces do eBay, Devin Wenig.

Segundo as empresas, o mercado mundial da arte movimenta anualmente 65 bilhões de dólares, mas as vendas na internet estão muito abaixo das de outros setores de luxo. O cálculo das duas empresas é que para 2020 o mercado da arte na internet possa alcançar os 13 bilhões de dólares.

A Sotheby’s já havia realizado uma pequena parceria com o eBay em 2002. A peça mais cara vendida através da internet pela casa de leilões em Nova York alcançou os 3,5 milhões de dólares, mas a maioria dos lotes ficaram entre os 5.000 e os 100.000 dólares.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)