Clique e assine com até 92% de desconto

Scarlett Johansson processa editora por ligar personagem ao seu nome

Segundo a atriz, 'La Première Chose qu'on Regarde', de Grégoire Delacourt, teria violado e feito uso fraudulento dos direitos relativos à sua personalidade

Por Da Redação 7 jun 2013, 11h59

A atriz Scarlett Johansson entrou com um processo contra uma editora francesa por se sentir ofendida com a publicação de um livro. Na obra La Première Chose qu’on Regarde (A Primeira Coisa que Você Olha, em tradução livre), uma supermodelo, “sósia” de Scarlett, se apaixona por um mecânico – por sua vez, parecido com Ryan Gosling. Segundo informações da rádio RTL, a estrela de Os Vingadores acusa a editora de Jean-Claude Lattès de ter violado e feito uso fraudulento dos direitos relativos à sua personalidade,.

LEIA TAMBÉM:

Scarlett Johansson estreia peça na Broadway

Scarlett Johansson monta banda de rock só de garotas

No processo, Scarlett pede que a editora repare financeiramente os danos causados pela publicação do livro. Em entrevista à rádio RTL, o autor da obra, o escritor francês Grégoire Delacourt, disse que ficou espantado com a reação da atriz e afirmou que seu livro conta uma “história de amor verdadeiro, com personagens reais e românticos”.

Além do processo, os advogados da atriz de 28 anos também exigem a cessão dos direitos e adaptação da obra. Os valores não foram revelados. “É muito triste envolver a Justiça num caso como esse”, afirmou Delacourt.

Continua após a publicidade
Publicidade