Clique e assine a partir de 9,90/mês

Roman Polanski: Vítima de estupro irá ao juiz pela primeira vez

Samantha Geimer, que foi abusada pelo diretor aos 13 anos, vai pedir que o caso seja encerrado

Por Da Redação - Atualizado em 9 jun 2017, 12h00 - Publicado em 9 jun 2017, 11h58

O caso de estupro envolvendo Roman Polanski aberto em 1978 pode estar próximo de uma conclusão. O diretor francês é acusado de ter abusado de Samantha Geimer, quando ela tinha 13 anos, depois de lhe oferecerem álcool e drogas em uma festa na casa do ator Jack Nicholson. Samantha irá comparecer pela primeira vez no tribunal de Los Angeles para pedir a conclusão do processo. 

De acordo com o Hollywood Reporter, o advogado de Polanski afirmou que a mulher “está cansada do caso” e, por isso, irá pedir na audiência, que acontece nesta sexta-feira, que ele seja encerrado. O diretor é considerado foragido desde que viajou para a França em 1978, um dia antes da sentença do caso, e deixou até de receber um Oscar em 2002 pelo filme O Pianista. Em 2014, Roman apareceu em Varsóvia e os Estados Unidos pediram a extradição do diretor para informar sobre a sentença. No entanto, a Polônia rejeitou o processo.

Samantha lançou em 2013 o livro A Menina – Uma Vida à Sombra de Roman Polanski, em que conta sobre como o caso, que está prestes a completar 40 anos, afetou a sua vida. Ela já citou em comentários e entrevistas o desejo de que o processo fosse encerrado.

Publicidade