Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Rock in Rio vai reviver última apresentação ao vivo dos Beatles

Grupo cover toca de cima de um dos telhados das casinhas da Rock Street, apresentada nesta terça-feira. Festival acontece entre 13 e 22 de setembro

Por Pollyane Lima e Silva, do Rio de Janeiro Atualizado em 10 dez 2018, 09h59 - Publicado em 13 ago 2013, 18h09

Foi com uma apresentação eclética, misturando os instrumentos de sopro da banda Orquestra Voadora com gaitas de fole e shows de sapateado irlandês que o Rock in Rio apresentou nesta terça-feira a sua Rock Street. Foi apenas uma amostra das atrações que devem recepcionar o público a partir das 14 horas do dia 13 de setembro – quando a Cidade do Rock abre as portas para os sete dias de festival. O espaço, que em 2011 tinha apresentações musicais em um coreto, ganhou um palco especial nesta edição – a uma altura de apenas um metro do chão – para receber artistas nacionais e internacionais. “É um palco com o qual o público interage o tempo todo. Não é só para olhar, é para participar”, resume Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio, sobre a estrutura que este ano está inspirada na Grã-Bretanha.

A organização se surpreendeu com a avaliação da Rock Street por parte do público em 2011, conta Roberta. “Foi equivalente à do Palco Mundo”, compara. Por isso, a remodelagem deste ano – tanto na parte física quanto nas atrações. A principal delas lembrará a última apresentação ao vivo dos Beatles, no terraço da sede da Apple Corps, em 30 de janeiro de 1969. A reprodução ficará a cargo da banda All You Need Is Love, que tocará ao vivo do telhado de uma das casinhas da Rock Street. “Será uma reprodução histórica”, promete Roberta. A apresentação, de cerca de uma hora (das 15h30 às 16h30), ocorrerá nos três primeiros dias de festival (dias 13, 14 e 15). Os Beatles ainda serão homenageados de outras formas, como na estátua viva de John Lennon e com shows de uma big band que cantará as principais composições do quarteto de Liverpool.

https://www.youtube.com/watch?v=V9YICYyiwNs

Estrutura – A exatos 30 dias da abertura dos portões, mais de 80% de toda a estrutura do Rock in Rio está montada, calcula a vice-presidente. “Agora, que o relógio aperta, a Cidade do Rock começa a fervilhar. De 100 homens trabalhando, passaremos a 500, envolvidos mais na parte de maquiagem, acabamentos.” Além da Rock Street, o Palco Sunset também foi melhorado, e terá uma atração a mais por dia. “Percebemos que foi muito bem aceito, ao ponto de algumas atrações serem transferidas ao Palco Mundo”, explica Roberta. “Tudo está melhor do que era”, garante o presidente Roberto Medina, destacando essencialmente as apresentações principais deste ano: “Bruce Springsteen & The E Street Band (que tocam no dia 21) farão o maior show disparado, com mais de três horas de duração. O do Justin Timberlake (dia 15) está muito bonito e elegante. Esse casting está todo especial, e o atual eu sempre acho melhor que o anterior, porque lutamos para nos superar”.

Leia também:

Ingressos para o Rock in Rio se esgotam em quatro horas

Há ingressos para o Rock in Rio. E custam 4 vezes mais

Polícia vai barrar falsos estudantes no Rock in Rio

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)