Clique e assine a partir de 8,90/mês

Quadro de Manet é leiloado por valor recorde em NY

Obra 'A Primavera', de 1881, foi comprada por 65 milhões de dólares

Por Da Redação - 6 nov 2014, 08h33

A Primavera (Le Printemps), obra-prima de 1881 do artista francês Edouard Manet, foi vendida na quarta-feira por 65,1 milhões de dólares em um leilão da Christie’s em Nova York. O valor marca um novo recorde para um trabalho do impressionista.

A pintura, um retrato de perfil da atriz Jeanne Demarsy passeando com um guarda-sol, havia sido avaliada entre 25 e 30 milhões de dólares. O quadro pertencia à mesma família por mais de um século. Nos últimos vinte anos foi exibido, como um empréstimo, pela Galeria Nacional de Arte de Washington.

Leia também:

Sotheby’s e eBay fecham parceria para leilões online

Autorretrato de Andy Warhol é vendido por R$ 78,8 milhões

Escultora brasileira Lygia Clark se destaca em leilão em Nova York

O quadro faz parte de um projeto que Manet não conseguiu concluir, que contemplava elaborar quatro retratos de belas mulheres representando cada estação. O artista morreu em 1883 e só finalizou A Primavera e O Outono.

Até o momento, o preço máximo para uma obra de Manet era de 33 milhões de dólares por um autorretrato vendido em 2010 em um leilão em Londres. A Primavera foi adquirida por um comprador que estava na primeira fila e conseguiu superar as ofertas feitas por telefone, ao preço final.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade