Clique e assine a partir de 8,90/mês

Pastor vai responder em liberdade por estupro de enteado

Felipe Heiderich, marido da cantora gospel Bianca Toledo, foi denunciado nesta sexta-feira pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro

Por Da Redação - 8 jul 2016, 19h04

O pastor Felipe Garcia Heiderich, denunciado pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro por estupro de vulnerável nesta sexta-feira, será liberado da prisão Bangu 10 (Cadeia Pública José Frederico Marques) e responderá ao processo em liberdade. Heiderich, marido da cantora gospel Bianca Toledo, pode ser solto a qualquer momento, mas até o fechamento desta nota a ordem de liberdade ainda não havia sido dada.

Leia também:

Promotoria denuncia pastor por estupro de enteado de 5 anos

Marido de Bianca Toledo se defende: ‘acusações falsas’

Bianca Toledo e marido davam conselhos amorosos em vídeos

Marido de pastora Bianca Toledo é detido por suspeita de pedofilia

Ele vai precisar usar uma tornozeleira, não poderá deixar a comarca, terá seu passaporte recolhido e deve se manter a pelo menos 250 metros de distância de Bianca e de seu enteado de 5 anos, de quem Heiderich teria abusado. Segundo a assessoria de imprensa do Poder Judiciário do Rio de Janeiro, o pastor estava preso temporariamente durante o inquérito. Após a denúncia do MP, não houve pedido de prisão preventiva, por isso sua liberação.

Heiderich foi denunciado pela própria mulher, que levou o caso à Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) em 22 de junho. O abuso teria ocorrido na residência do casal, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste, em 11 de junho. De acordo com a denúncia, o acusado ‘praticou diversos atos libidinosos com uma criança de 5 anos’.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade