Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Pastor acusado de abusar de enteado deixa prisão no Rio

Pastor está sem tornozeleira porque o equipamento está em falta no Rio de Janeiro

Por Da Redação 10 jul 2016, 12h39

O pastor Felipe Heiderich, acusado de pedofilia contra o enteado de 5 anos, foi solto nesta madrugada da Cadeia Pública José Frederico Marques (Bangu 10), no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio. A liberação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

LEIA TAMBÉM:

Pastor vai responder em liberdade por estupro de enteado

Promotoria denuncia pastor por estupro de enteado de 5 anos

Marido de Bianca Toledo se defende: ‘acusações falsas’

O órgão informou ainda que o pastor, preso em casa, no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste, na segunda-feira (4), está em liberdade sem o uso de tornozeleira. O juiz Paulo Cézar Vieira de Carvalho Filho, titular da 17ª Vara Criminal da Capital, determinou, no último dia 8, o uso do equipamento. Porém, a Seap não dispõe da tornozeleira, após o governo estadual ter interrompido o fornecimento por falta de pagamento à empresa contratada para o serviço.

Continua após a publicidade

Na decisão, o juiz argumentou que o pastor estava preso temporariamente e como o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) não pediu a conversão em prisão preventiva, ele seria liberado. Além do uso da tornozeleira eletrônica, o juiz proibiu o pastor de se aproximar da mulher, a pastora Bianca Toledo e do filho dela de 5 anos. O pastor é acusado de ter cometido atos libidinosos contra o garoto em diversas situações. Ele foi denunciado por estupro de vulnerável. A denúncia foi feita por Bianca, que postou, inclusive, um vídeo nas redes sociais sobre o caso.

LEIA TAMBÉM:

Bianca Toledo e marido davam conselhos amorosos em vídeos

Marido de pastora Bianca Toledo é detido por suspeita de pedofilia

Na última mensagem postada em sua página do Facebook, a pastora afirmou que ficará em silêncio após o caso ter sido divulgado pela imprensa. “Haja Luz! E silêncio. Apenas isso”, disse. “Os que são espirituais apenas orem sem cessar, porque é o que cabe a nós fazer. Vamos aguardar a justiça de Deus e dos homens”, afirmou em uma postagem anterior.

(Da redação com Agência Brasil)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)