Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Os melhores cafés de Brasília

Estabelecimentos fazem parte da edição de VEJA COMER & BEBER Brasília 2018/2019

Por Arthur H. Herdy, Gabriela de Almeida, Rosualdo Rodrigues e Sara Campos 18 Maio 2018, 01h00

Acervo Café

O acesso é feito por uma escada ao lado de uma academia de lutas. No ambiente que lembra uma sala de estar, vale recorrer ao barista para encontrar a melhor combinação entre os tipos de café disponíveis e cinco métodos de extração (R$ 9,00 a R$ 18,00; 150 a 300 mililitros). Eleito pelo júri um dos melhores doces da capital, o coffeecake é um bolo macio recheado e coberto com creme de chocolate e café (R$ 12,00 a fatia). QE 40, conjunto H, lote 18, Guará 2,  99665-5588 (35 lugares). 16h/22h (sáb. 14h/22h; fecha seg.). Aberto em 2017.

Atelier Café Marcio Rapello

A arte inspira a decoração e o cardápio do lugar. Batizada de marina abramovic, a burrata é servida com pesto de castanha de caju (R$ 68,00). A baguete de presunto parma e gruyère (R$ 36,00) recebe o nome de richard serra. Até os cafés prestam homenagens aos artistas. A bebida feita na chemex atende por umberto boccioni (R$ 16,00) e na prensa francesa, por aleksandra ekster (R$ 14,00). QI 21, bloco E, loja 58, Lago Sul,  3553-0066 (48 lugares). 11h/0h (sáb. 8h/2h; fecha dom. e seg.). Aberto em 2018.

Belini Café – The Coffee Experience

Um quadro negro lista os grãos disponíveis no dia, suas características e as datas de torra – realizada na loja. Os cafés selecionados podem ser coados na Hario V60 (R$ 9,00 a R$ 16,90, 200 a 400 mililitros) e entrar no preparo de outras bebidas, a exemplo do cappuccino com leite de amêndoas (R$ 17,90). Com jeitão de sobremesa, o affogato (R$ 16,90) é feito com sorvete da Saborella mergulhado em expresso. 114 Sul, bloco B, loja 5,  3554-9005 (60 lugares). 8h/23h (dom. até 22h). Aberto em 2014.

Café e um Chêro

O aconchego explícito no nome se reflete no atendimento e nos quitutes. Servido quentinho, o cuscuz com queijo e ovo mexido (R$ 10,00) faz o dia começar bem. Uma pedida com mais sustância é o pão francês recheado com lagarto desfiado (R$ 13,00). O bolo de banana com uma provocante calda de doce de leite (R$ 7,00 a fatia) pode ganhar a companhia do café coado (R$ 5,00). 109 Norte, bloco C, loja 37,  3036-4746 (48 lugares). 8h/21h (fecha dom.); 107 Sul, bloco C, loja 2,  3036-4746 (60 lugares). 8h/21h (fecha dom.). Aberto em 2017.

Clandestino Café e Música

Com vista para o Parque Olhos d’Água, o entorno bucólico contrasta com o estilo moderno do salão. O expresso bem tirado (R$ 6,50, 30 mililitros) pode ganhar duas versões refrescantes. Uma delas combina raspas de limão e de laranja e grãos de cardamomo (R$ 8,00). A outra recebe o acréscimo de água tônica e gelo (R$ 12,00). Para adoçar, pudim de leite no copinho (R$ 8,00). 413 Norte, bloco D, lojas 23, 25 e 27.  3340-4919 (55 lugares). 9h/21h (dom. 9h/15h; fecha ter.). Aberto em 2015.

Cristina Colina da Pedra Cafés Especiais

O café é exclusividade do lugar, que investe nos grãos cultivados na Fazenda Cristina, no Sul de Minas Gerais. As variedades da marca são vendidas para consumo na loja e, também, em pacotes de um quilo, para levar. Feito com um blend de grãos, o expresso cristina sai a R$ 6,50. A versão de coador preparada com uma seleção especial da casa custa R$ 8,50. 202 Norte, bloco A, loja 55,  3328-4881 (50 lugares). 9h/20h (dom. 12h/18h). Aberto em 2007.

Ernesto Cafés Especiais

Da seleção minuciosa da matéria-prima, cultivada por pequenos produtores, surgem duas variedades diárias de café para o consumo na loja. Em geral, há uma versão com baixa acidez e outra com aromas e sabores mais complexos. O preço do expresso varia de R$ 6,00 a R$ 8,00. Para quem prefere café coado, uma porção de 300 mililitros feita na chemex sai a R$ 14,00 e cai bem com o pão de queijo da Serra da Canastra (R$ 4,50 a unidade). 115 Sul, bloco C, loja 14,  3345-4182 (120 lugares). 7h/22h. Aberto em 2011.

Laika Café

Continua após a publicidade

O preparo artesanal dos croissants é um dos trunfos do lugar. Além da versão tradicional (R$ 6,10), também sai do forno o de massa integral, com reforço de aveia, chia e linhaça (R$ 7,70). Ambos fazem boa parceria com o expresso (R$ 5,00). Na lista das bebidas geladas à base de café, o cold brew da casa é extraído a frio e leva água tônica e calda artesanal de limão-siciliano (R$ 14,90). Gilberto Salomão, QI 5, bloco E, stand 18, Lago Sul,  3702-5500 (40 lugares). 7h30/19h (fecha dom.). 

Los Baristas

Quando Vitor Ávila e Heloisa Checheliski mergulharam no mundo dos cafés, a ideia era abrir um negócio de torrefação. Eles se interessaram por esse segmento nos cursos que fizeram — determinantes para a troca da carreira na área de produção audiovisual pela vida de barista. Mas a cafeteria surgiu antes, como um passo interessante para que eles expandissem o leque sensorial e entendessem melhor o mercado. Dois anos após a abertura, em 2017, o casal assumiu a torrefação dos cafés vendidos na loja. Realizado em outro endereço, o processo permite que a dupla compre microlotes de café direto dos produtores e experimente as melhores soluções de torra. Fora do tradicional expresso (R$ 6,50), de três a cinco variedades podem ser usadas nos outros seis métodos de extração: aeropress, Chemex, Clever, Hario V60, prensa francesa e sifão. As versões de 100 mililitros custam de R$ 8,00 a R$ 11,00 — no sifão, 150 mililitros têm preço de R$ 18,00. Estreante de 2018, o cold brew nitro (R$ 16,00, 300 mililitros) tornou-se um diferencial da marca. Extraído a frio, esse café sai da torneira com gás nitrogênio e gelado, como o chope. Da mesma forma, on tap, serve-se a kombucha de elaboração própria, uma bebida probiótica fermentada e gaseificada naturalmente. No sabor maracujá com hibisco e limão, ela custa R$ 12,00 (300 mililitros). Decorada com nichos que destacam elementos do universo das bebidas, a casa também faz sucesso com os comes. Nas mesas externas ou no convidativo balcão, vale provar a baguete de linguiça e queijo grana padano (R$ 20,00) e, no momento doce, o bolo de milho (R$ 6,00 a fatia). 404 Norte, bloco C, lojas 34 a 38, 3033-6183 (45 lugares). 12h/20h (feriados 13h/20h; fecha dom.). Aberto em 2015.

Martinica Café

Após quase trinta anos de história, a casa anunciou o encerramento das atividades em dezembro de 2017. Dois meses depois, no entanto, um novo quadro societário trouxe de volta um dos endereços mais queridos da capital. Além da decoração repaginada, o grupo investiu numa carta de cafés que vai do expresso (R$ 6,00) ao alcoólico irish coffee (R$ 22,00), com adição de uísque. Do menu doce, segue fazendo sucesso a torta de chocolate (R$ 11,90). 303 Norte, bloco A, loja 4,  3326-2357 (60 lugares). 12h/0h (dom. a partir de 16h; fecha seg.). Aberto em 1990.

Objeto Encontrado

O lugar descolado com atendimento jovem mistura arte e café. A máquina La Marzocco se encarrega de abastecer as mesas com o expresso bem tirado (R$ 6,00 o curto). A caprichada cheesecake artesanal com generosa calda de framboesa virou um clássico da casa. Custa R$ 16,00 e, eventualmente, ganha versões de calda de jabuticaba e de carambola. 102 Norte, bloco B, loja 56,  3081-8383 (50 lugares). 12h/23h (fecha dom.). Aberto em 2008.

Rapport Cafés Especiais e Bistrô

É um daqueles lugares híbridos, que acolhem do café da manhã ao jantar. O dia pode começar com o brunch (R$ 24,00) e seguir com comidinhas de acento francês, como o tartare de salmão com chips de batata-doce (R$ 34,00) e a omelete de cogumelo-de-paris, parmesão e ervas com mix de folhas e molho de caju (R$ 21,00). Para qualquer hora do dia, o café preparado na cafeteira italiana sai a R$ 5,50. 201 Sul, bloco B, loja 9,  3322-0259 (96 lugares). 10h/22h (sáb. até 19h; fecha dom.). Aberto em 2015.

Seu Patrício Querido Café

Dentre os diferentes métodos de extração de café da casa estão o Hario V60 (R$ 7,00, 100 mililitros) e o Chemex (R$ 13,00, 300 mililitros), ambos com uso de coador. O lugar também oferece um menu vegano, com itens como o cappuccino feito com leite vegetal (R$ 13,00) e a cheesecake de castanha de caju sobre base de granola e amendoim, com calda de frutas vermelhas (R$ 12,00 a fatia). 206 Norte, bloco A, loja 3,  99246-9263 (16 lugares). 12h/21h (sáb. 9h/18h; fecha dom.). Aberto em 2016.

Suplicy

A marca de cafés especiais de São Paulo traz variedades de grãos em três versões de torra (clara, média e escura). Para consumo imediato há opções como o expresso (R$ 6,50), o americano (R$ 9,50 o grande) e o cappuccino (R$ 9,80 o pequeno). Qualquer um deles vai bem com o pão de queijo tradicional (R$ 4,50) ou o multigrãos (R$ 4,70). Na lista doce, vende o famoso bolo da Ivone (R$ 12,50 a fatia). Shopping Iguatemi Brasília,  3053-9821 (48 lugares).10h/22h (dom. 11h/21h). Aberto em 2011.

Casa Quilha

Em parceria com Ricardo Theodoro, Kauê Blass e Bruno Terra, a barista Luciana Araujo comanda o café de ambiente moderninho, com louças assinadas pela mãe e ceramista Karla Borges. O enxuto cardápio tem expresso a R$ 6,00 e cappuccino por R$ 9,00. Para comer, há sanduíche de de frango defumado com molho de salsinha ragu de costela com picles e mostarda (R$ 15,00) e bolo de amêndoa e limão (R$ 8,00). 716 Norte, bloco F, loja 47, ☎ 98235-1056 (26 lugares). 13h/20h (qui. até 22h; sáb. 9h/14h; fecha dom.). Aberto em 2018.

Continua após a publicidade

Publicidade