Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

No SWU, Marina Silva faz pregação ambiental

Ex-ministra do Meio Ambiente participa do II Fórum Global de Sustanbilidade

Por Raissa Pascoal, de Paulínia 13 nov 2011, 17h13

O segundo dia de SWU foi aberto com um apelo pela sustentabilidade. Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente, participou do primeiro painel do II Fórum Global de Sustabilidade do dia e fez um discurso político em defesa do meio ambiente.

Para ela, o SWU acontece em um momento de crises sociais, econômicas, políticas, ambientais e de valores. Ainda assim, deve-se aproveitar o festival com alegria. “Nossa realidade é de compromisso e ao mesmo tempo de busca por uma vida melhor, digna, alegre. Obviamente, a arte propicia tudo isso, mas também engajamento, consciência e novas atitudades”, disse.

Marina Silva, que chegou neste sábado a São Paulo, não foi à arena assistir a nenhum show do festival, mas disse ter visto uma parte de Snoop Dogg pela televisão. Ela comentou que as famosas trancinhas do rapper chamaram sua atenção. Já sua filha, Shannon, que acompanha a mãe pelas viagens, aproveitou para acompanhar o show de Snoop e do quarteto americano The Black Eyed Peas, que fechou a noite.

Durante a palestra, dividida com outras cinco pessoas, Marina defendeu a necessidade de integrar economia e ecologia para garantir a sustanbilidade do planeta. “Cada um é responsável por fazer do mundo um lugar melhor. Eventos como o SWU são pedagógicos e educativos. Ser sustentável não é uma maneira de fazer, é uma maneira de ser”, disse.

A ex-ministra também aproveitou para questionar a política. “Hoje, no mundo inteiror, há um forte questionamento das estruturas políticas e das formas de democracia”. Atualmente, ela está envolvida com o Movimento por uma Nova Política.

Continua após a publicidade
Publicidade