Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Nina Horta, colunista de gastronomia, morre aos 80 anos

Autora escrevia para a Folha de S. Paulo desde 1987 e ganhou o Jabuti com o livro 'O Frango Ensopado da Minha Mãe'

Por Redação Atualizado em 8 out 2019, 15h58 - Publicado em 7 out 2019, 12h56

Morreu na noite de domingo, 6, a colunista Nina Horta, colunista de gastronomia do jornal Folha de S. Paulo. A escritora, de 80 anos de idade, lutava contra um câncer e foi vítima de uma infecção generalizada. Seu corpo foi velado e enterrado na manhã desta segunda-feira, 7, no  Cemitério do Morumbi. 

Formada pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FE-USP), a mineira escrevia para a Folha desde 1987. Em 1995, ela publicou sua primeira coletânea de crônicas, Não é Sopa! (Cia. das Letras). Em 2016, ganhou o Prêmio Jabuti de Gastronomia com o livro O Frango Ensopado da Minha Mãe (Cia. das Letras), que traz textos de sua autoria publicados no jornal ao longo de 20 anos.

  • Sua última coluna, Pequenas Coisas, foi publicada no dia 6 de fevereiro e trazia uma crônica sobre uma “casinha” que sobreviveu à tragédia em Brumadinho.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade