Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Nem Madonna, nem Miley. A rainha do pop é… Mariah

Levantamento feito pela revista 'Time' compara artistas desde 1960 e aponta que a cantora é quem mais emplacou hits na história da música

Por Da Redação 29 ago 2014, 09h33

Michael Jackson e Madonna são chamados de rei e rainha do pop, Miley Cyrus tenta se firmar como princesa, contudo, é de Mariah Carey o posto de cantora mais bem-sucedida do estilo musical. Pelo menos de acordo com um levantamento divulgado pela revista americana Time. A publicação usou como critério para montar o ranking o número de vezes em que cada artista esteve entre as dez primeiras posições no ranking da Billboard 100 – principal parada americana que elenca as músicas mais vendidas no período de uma semana – desde 1960.

Dependendo da posição conquistada pela música no ranking da Billboard, o artista recebia entre 1 – para o décimo lugar – e 10 pontos – para o primeiro. A pontuação era multiplicada de acordo com o número de semanas em que cada canção permanecia em determinada posição. As colaborações com outros cantores também foram levadas em consideração.

Leia também:

Kim Kardashian é apontada como pivô do divórcio de Mariah Carey

Jennifer Lopez, Mariah Carey e o declínio das divas

Mariah Carey gasta R$ 59 mil em hotel de luxo para cães

Mariah Carey liderou a lista com 1.901 pontos ao longo da carreira. Ou seja, ela emplacou mais hits que permaneceram por mais tempo no topo da parada americana do que os demais cantores. Em segundo lugar aparece Rihanna, com 1.800 pontos, seguida por Usher, com 1.778. O cantor americano, inclusive, é o maior pontuador no período de um ano. Só em 2004 ele emplacou cinco músicas entre as dez primeiras do Billboard 100, sendo que quatro delas atingiram o topo da parada. Madonna ficou com o quinto lugar, com 1.414 pontos, enquanto Michael Jackson ocupa a sétima posição, com 1.136 pontos. Miley Cyrus, pobrezinha, ficou longe dos primeiros lugares, e, por enquanto, deve se conformar com a 51º posição da lista e meros 338 pontos.

Contudo, o ranking da Time não leva em consideração o tempo de carreira do música ou sua relevância no cenário cultural. Mariah e Madonna, por exemplo, podem ser comparadas em relação a tempo de estrada e vendas, porém, a diva de gritos agudos não emplaca um hit desde 2009, quando chegou ao sétimo lugar da parada americana com Obsessed. Já Madonna, além de datar de 2012 sua última aparição no ranking de sucessos, tem um histórico que inclui influência na moda e no comportamento jovem e, até hoje, movimenta novidades quentes ao redor do seu nome. Assunto que Mariah, infelizmente, deixa a desejar.

Continua após a publicidade
Publicidade