Clique e assine a partir de 8,90/mês

Música lançada via streaming poderá concorrer ao Grammy

Entidade que organiza o prêmio afirmou que ampliou a definição de 'distribuição geral' para incluir as plataformas musicais 'por assinatura, por demanda ou por download' que existem há pelo menos um ano

Por Da Redação - 16 jun 2016, 21h41

A música difundida apenas via streaming por serviços como Apple Music ou Spotify pode agora concorrer ao Grammy, anunciaram nesta quinta-feira os organizadores da premiação, que escolhe anualmente os melhores da indústria musical nos Estados Unidos.

Leia também:

Grammy impulsiona vendas de discos de Adele e Bieber

Quase 25 milhões assistiram ao Grammy pela TV nos EUA

A Academia Nacional de Artes e Ciências da Gravação, que organiza o Grammy, afirmou que ampliou a definição de “distribuição geral” para incluir as plataformas musicais “por assinatura, por demanda ou por download” que existem há pelo menos um ano.

A decisão faz com que o artista de hip hop Chance the Rapper, por exemplo, seja elegível ao prêmio. O álbum Colorin Book do rapper se tornou o primeiro lançamento musical exclusivamente em streaming a entrar para o top 200 da revista Billboard.

“Ao longo do ano, os membros da comunidade musical nos procuraram para pedir que fizéssemos mudanças no processo de indicação dos prêmios, e trabalhamos com eles para ver como essas alterações podem funcionar”, comentou Bill Freimuth, vice-presidente do prêmio da Academia.

No ano que vem, a cerimônia do Grammy será realizada em 12 de fevereiro, em Los Angeles. Os indicados serão anunciados em 6 de dezembro.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade