Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mural de Banksy é removido e levanta questões sobre o lugar da arte de rua

‘Garota com bambolê’, feito pelo artista em um muro na Inglaterra, foi adquirido por uma galeria de arte

Por Raquel Carneiro Atualizado em 18 fev 2021, 11h34 - Publicado em 18 fev 2021, 11h27

Para o misterioso artista Banksy, os muros das cidades são as telas onde ele cria, enquanto ninguém vê, grafites com algum significado por trás – geralmente atrelados ao histórico político e econômico da região. Assim, questões foram levantadas quando essa semana um de seus murais, feito em um muro da cidade inglesa Nottingham, foi removido após ser adquirido por uma galeria de arte. Na imagem, uma garota brinca de bambolê com o pneu de uma bicicleta, arte próxima a uma bicicleta de verdade, abandonada na calçada. A obra surgiu em outubro e Banksy confirmou a autoria em suas redes sociais.

Na quarta-feira, 17, a parte do muro onde estava o grafite foi removida. O dono do terreno vendeu a obra a John Brandler, dono de uma galeria. Em entrevista à BBC, ele afirmou que pagou um valor de “seis dígitos” pelo mural e que pretende restaurá-lo e colocá-lo em exibição.

Essa não é a primeira vez que um mural de Banksy é removido das ruas. O próprio Brandler já havia feito esse trabalho antes com outra obra do artista, adquirida em 2019. Segundo ele, a intenção é “salvar” estes grafites, antes que eles sejam danificados pela exposição ao ar livre. Já a equipe de Banksy disse nesta e em outras ocasiões que ele prefere que a obra continue onde foi feita. O artista que esconde sua verdadeira identidade, porém, não tomou atitudes legais para impedi-los.

  • A discussão é longa e sem solução. Banksy aceita que a obra ganhe vida após ser feita: desde os efeitos do tempo e de vândalos até a compra por colecionadores e galerias. Porém, no ano passado, seu anonimato lhe fez perder na Justiça os direitos autorais da obra The Flower Thrower, feita originalmente em Jerusalém, para uma empresa de cartões comemorativos, que tem comercializado a imagem.

    A escolha de Nottingham para o mural da garota com um bambolê de pneu de bicicleta está relacionada ao histórico da cidade com a produção de bikes. Segundo jornais locais, os moradores ficaram tristes com a remoção do mural. Para quem tiver saudade, o grafite acabará exposto em outra cidade, em Brentwood, a 225 km de distância.

    Continua após a publicidade
    Publicidade