Clique e assine a partir de 8,90/mês

‘Mulher-Maravilha: 1984’ também é adiado por coronavírus

Segundo filme da heroína tinha estreia marcada para o início de junho, mas só chegará aos cinemas em agosto

Por Redação - Atualizado em 24 mar 2020, 18h20 - Publicado em 24 mar 2020, 18h04

Seguindo a tendência dos grandes estúdios cinematográficos, a Warner Bros. decidiu adiar a estreia de Mulher-Maravilha 1984 em função da pandemia de coronavírus. Originalmente previsto para estrear em 5 junho, o segundo filme da heroína chegará aos cinemas em 14 de agosto.

“Quando aprovamos Mulher-Maravilha 1984, nós tínhamos toda a intenção de que o filme fosse visto na tela grande e estamos animados em anunciar que a Warner Bros. Pictures vai levar o filme aos cinemas em 14 de agosto”, afirmou o presidente Toby Emmerich em nota.

Com a mudança, o estúdio precisou reorganizar o calendário – Mulher-Maravilha assumiu o lugar de Malignant, thriller de James Wan (Aquaman), que estrearia em 14 de agosto. Além deles, a adaptação de Lin-Manuel Miranda para o musical Em um Bairro de Nova York, que seria lançado em 26 de junho, e a animação Scooby-Doo, marcada para 15 de maio, também foram adiadas. Até o momento, as três produções não têm nova data de estreia.

Com o adiamento, os filmes da Warner passam a integrar a já extensa lista de produções cinematográficas afetadas pela pandemia, que inclui os blockbuster da Disney Mulan, Viúva Negra e Os Novos Mutantes, além das sequências de Velozes e Furiosos e 007.

Continua após a publicidade
Publicidade