Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Mulher compra porcelana de Romero Britto e quebra na frente do artista

A escultura estava estimada em mais de 4.000 dólares. Em resposta, Britto afirma que foi vítima

Por Amanda Capuano Atualizado em 15 ago 2020, 18h53 - Publicado em 14 ago 2020, 11h22

Romero Britto virou tema nas redes sociais nesta sexta-feira, 14, depois que o vídeo de uma mulher quebrando uma de suas obras caiu na internet. Na imagem, Britto aparece atônito tentando “salvar” a porcelana enquanto a moça grita para que ele nunca vá em seu estabelecimento ofender seus funcionários.

A obra em questão parece ser uma versão em porcelana de The Big Apple, escultura do brasileiro que decora o aeroporto John F. Kennedy em Nova York. No site de Britto, uma versão miniatura da arte sai por 360 dólares, já um exemplar maior, como o que se estatelou no chão, vale a bagatela de 4.800 dólares, ou 25.857,60 reais em cotação atual.

Obra disponível para aquisição no site de Romero Britto Romero Britto/Reprodução

O acontecimento inusitado caiu na rede depois que uma usuária do Tik Tok postou um vídeo de 12 segundos flagrando o momento. A mulher mistura inglês e espanhol e é possível ouvi-la dizer ao artista que não o respeita mais. Em seguida, a autora do vídeo explica que a cliente raivosa é gerente de um restaurante e comprou a obra em uma espécie de meet & greet na galeria do brasileiro. Segundo ela, Britto ficou sem reação em frente aos clientes e repetia que não desrespeitou qualquer funcionário.

Em resposta divulgada no sábado, 15, o artista plástico Romero Brito divulgou nota afirmando que foi vítima da mulher. Ele informou que o caso ocorreu há três anos e acusou a cliente de querer ficar famosa com o gesto. “O vídeo do incidente ocorreu em 2017, no qual todos podem ver que fui vítima de uma pessoa que foi a uma de minhas galerias de arte e quebrou uma escultura que havia ganhado. Uma peça pesada de porcelana que, ao quebrar em pedaços, poderia ter causado danos a mim, a ela ou a qualquer outra pessoa no local. É lamentável, mas a integridade física das pessoas foi colocada em risco naquele momento. Infelizmente há pessoas que querem ficar famosas às custas de outro”, diz a nota do artista.

Depois de cair no Twitter, os brasileiros não ficaram exatamente tristes pela obra, e transformaram a situação em memes e piadas. Confira o vídeo e algumas reações.

Continua após a publicidade

 

 

 

ASSINE VEJA

A encruzilhada econômica de Bolsonaro Na edição da semana: os riscos da estratégia de gastar muito para impulsionar a economia. E mais: pesquisa exclusiva revela que o brasileiro é, sim, racista
Clique e Assine

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)