Clique e assine a partir de 8,90/mês

Mönch Bier Pub tem a melhor carta de cervejas de Goiânia

Mais de 250 rótulos ocupam as geladeiras do pub, que ainda conta com onze torneiras de chope

Por Camila Sayuri, Eula Lôbo, Geovane Gomes, Juliana Koch, Natália Ribeiro, Vinicius Tamamoto e Yuri Lopes - Atualizado em 28 out 2017, 12h59 - Publicado em 28 out 2017, 04h00

No badalado Setor Marista, o pub tornou-se ponto de encontro de amantes do rock e apreciadores de boas cervejas. A seleção premiada contempla mais de 250 rótulos em ordem alfabética. A carta não é lá muito didática para os iniciantes no universo da bebida. A única divisão existente é entre as bebidas nacionais e as importadas. Mas vale a pena segurar a sede e percorrer a lista em que se encontram cervejas de diferentes estilos, cores, aromas… Há de tudo um pouco, desde as de trigo mais levinhas até variações bem encorpadas, como as stouts. Ficou perdido diante de tanta variedade? Pois então recorra ao proprietário Marcelo Dias, que sempre está por lá. Ele é o responsável pela carta e, se bobear, pode até indicar uma novidade que ainda nem consta no menu impresso. Têm presença garantida garrafas célebres em todo o mundo, caso das belgas Delirium Tremens (R$ 35,90, 330 mililitros) e Vedett Extra White (R$ 25,40, 330 mililitros). Entre as nacionais, sai bastante a aromática Invicta Boss (R$ 29,90, 500 mililitros), uma imperial IPA fabricada em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. Além das versões engarrafadas, o bar, que tem mesas na parte interna do salão, no deque aberto para a rua e na calçada, conta com onze torneiras de chope. Podem estar engatados o Weihenstephaner weiss (R$ 20,00, 350 mililitros) e o pilsen artesanal que leva o nome da casa (R$ 8,00, 350 mililitros). O rock que embala a trilha sonora batiza alguns pratos expedidos pela cozinha. O filé-mignon rolling stones (R$ 69,90) chega grelhado, servido em fatias com molho de gorgonzola, e o sanduíche jimi hendrix (R$ 26,00) é um hambúrguer com queijo cheddar e cebola. Também faz sucesso a batata-doce mönch bier (R$ 20,00), assada e recheada com gorgonzola e bacon. Rua 144, 665, Setor Marista, (62) 3093-8727 (220 lugares). 16h/3h (fecha seg.). Aberto em 2015.

2º lugar: Belgian Dash
O espaço remete a um pub, com luz baixa, sofá, mesas e música com foco em rock, blues e jazz. São 190 rótulos de cervejas disponíveis, sendo 60% nacionais e 40% importadas. Raridades como a Horal’s Oude Geuze, bebida de maturação espontânea da safra de 2013 (R$ 310,00 a garrafa de 750 ml) ou a Gouden Carolus, cerveja belga com notas de café, malte torrado e chocolate com baunilha (R$ 33,00, 330 mililitros), são vendidas na casa. Mas por um valor a partir de R$ 7,00 também é possível provar outras bebidas. No cardápio de petiscos está a porção de filé-mignon ao molho gorgonzola, que chega à mesa guarnecido de uma cesta de pães (R$ 34,90, para duas pessoas). Rua 91, 184, Setor Sul, (62) 3218-6792 (110 lugares). 15h/0h (sex. e sáb. até 1h30; fecha dom.). Aberto em 2006.

3º lugar: Hops Cervejas Especiais
Seja nas mesas na calçada ou no aconchegante ambiente interno, no qual prateleiras com várias garrafas expõem a especialidade da casa, os clientes se acomodam para provar alguns dos 150 rótulos de cerveja disponíveis. Entre os chopes, cuja oferta é rotativa, podem aparecer variedades da Dogma (R$ 18,00), da Hocus Pocus (R$ 18,00) e da Perro Libre (R$ 15,00). No menu de aperitivos, dois pratos se destacam: o hambúrguer artesanal, feito com blend de carne bovina, bacon e um molho à escolha do cliente (R$ 18,90), e a linguiça cuiabana, recheada com queijo provolone (R$ 29,90). Rua 3, 955, Setor Oeste, (62) 3636-5082 (60 lugares). 17h/0h (sáb. a partir das 11h; fecha qua. e dom.). Aberto em 2015.

Publicidade