Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

‘Minions’ manda um ‘Hasta la vista’ para o ‘Exterminador’ na bilheteria

Filme derivado de 'Meu Malvado Favorito' foi visto por mais de 1,2 milhão de pessoas no Brasil, enquanto 634.746 pessoas assistiram a 'O Exterminador do Futuro: Gênesis'

Por Da Redação 6 jul 2015, 17h47

Minions foi o filme mais visto pelos brasileiros neste final de semana, deixando para trás o esperado O Exterminador do Futuro: Gênesis. De acordo com a Rentrak, empresa que contabiliza público e bilheteria nos cinemas, 1,215 milhão de pessoas foram aos cinemas ver a animação, com vozes de Vladimir Brichta e Adriana Esteves na versão dublada. Já o quinto longa da franquia dos exterminadores foi visto por 634.746 pessoas e arrecadou 10,8 milhões de reais no Brasil.

LEIA TAMBÉM:

‘Jurassic World’ e ‘Divertida Mente’ dominam bilheterias

Bilheteria cinematográfica mundial cresceu só 1% em 2014

Filme ‘Minions’ abusa da fofura, mas não convence

Na terceira colocação nos cinemas nacionais, ficou a comédia Meu Passado me Condena 2, produção brasileira que conta com Fábio Porchat e Miá Mello no elenco. O longa estreou dia 2 de julho e foi visto por 461.126 pessoas.

Já em termos globais, O Exterminador do Futuro: Gênesis ficou em primeiro lugar entre os que mais arrecadaram. Foram 102,7 milhões de dólares em 47 países, sendo 28,7 milhões somente nos Estados Unidos. Em segundo lugar, com arrecadação de 72,9 milhões de dólares no mundo todo, ficou Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros. Com Chris Pratt no papel principal, o longa fez 30 milhões de dólares nos 67 mercados estrangeiros em que está presente. No Brasil, ele foi o quarto filme mais visto: 349.441 pessoas foram aos cinemas assistir ao longa, que teve bilheteria de 5,3 milhões de reais.

Apesar de líder nos cinemas brasileiros, Minions, spin-off (derivado) de Meu Malvado Favorito, fez somente 54,3 milhões de dólares em todo o mundo. Entretanto, esta quantia deve aumentar, pois a animação só estreia nos Estados Unidos no dia 10 de julho.

Continua após a publicidade

Publicidade